Em Foco

Voc está em: Home, Em Foco, Educandário Senhor Bom Jesus dos Passos a missão de evangelizar...

Janeiro de 2014

Educandário Senhor Bom Jesus dos Passos a missão de evangelizar e servir à comunidade

Em 2014 o Educandário Senhor Bom Jesus dos Passos completará 64 anos de atividades em Passos. Em 2013 foram realizadas várias reformas no prédio da entidade, o que está possibilitando uma melhora significativa na infraestrutura do local,e será determinante para que o Educandário continue a sua missão de servir à comunidade.

Fachada do prédio do Educandário Senhor Bom Jesus dos Passos, que em 2014 completará 64 anos de existência.
Fachada do prédio do Educandário Senhor Bom Jesus dos Passos, que em 2014 completará 64 anos de existência.

Fundado em 18 de outubro de 1950, o Educandário tem na Educação e na Assistência Social, por meio da promoção da infância, da adolescência e da juventude, uma de suas mais importantes finalidades.

Segundo o Padre Luiz Caetano, o Padre Luizinho, o Educandário tem a missão de acolher e orientar os mais pobres e excluídos da sociedade, desenvolvendo ações socioeducativas, culturais e religiosas, voltadas para crianças, jovens e adultos, como forma de complementar o referencial já realizado pela família e na escola.

“O atendimento socioeducativo oferecido pelo Educandário, procura atender prioritariamente, a demanda de famílias que buscam instituições em que possam deixar as crianças no período contrário ao da escola. Trata-se de famílias de baixa renda que trabalham no mercado formal e informal. As crianças e adolescentes destas famílias encontram-se em estado de vulnerabilidade ou risco pessoal ou social, o que por si já justifica uma intervenção socioeducativa”, afirma Pe. Luizinho.

De acordo acordo com o religioso, o Educandário não é apenas um espaço onde as crianças têm um lugar para ficar enquanto os pais trabalham, mas sim, “um espaço de educação complementar em consonância com os temas transversais da educação para a formação de pessoas capazes de exercerem sua cidadania de forma plena. Um espaço que leva em consideração: as transformações da sociedade atual, a qual é plural e complexa; as desestruturações das relações, sobretudo familiar e social; e a condição das crianças de baixa renda que, por uma série de motivos, são excluídas das possibilidades de agir e interagir com a própria história por não serem sujeitos de direitos”, garante o sacerdote, que diz que os princípios da instituiçao são baseados nos ensinamentos de Jesus Cristo e no testemunho de Santo Aníbal Maria de Francia, fundador da Congregação dos Padres Rogacionistas.

Pe. Luizinho como tesoureiro do Educandário desenvolve um trabalho com muita seriedade e transparência: “É importante prestar contas da reforma e trabalhos realizados pela Instituição.”
Pe. Luizinho como tesoureiro do Educandário desenvolve um trabalho com muita seriedade e transparência: “É importante prestar contas da reforma e trabalhos realizados pela Instituição.”

“A dedicação de seus idealizadores, o esforço de todos os colaboradores, o incentivo e a participação dos amigos e benfeitores, fez com que o Educandário se tornasse a Instituição que é hoje: democrática, alegre, acolhedora e que coloca os seus usuários como protagonistas de nossa história”, afirma o Pe. Luizinho.

Revitalização e atividades em 2013

Como já fazia alguns anos que o prédio do Educandario não passava por reformas, era visível a necessidade de uma reforma geral, melhorias e adequações na estrutura física do local. Devido às dificuldades enfrentadas por todas as instituições, não foi tarefa fácil dar o pontapé inicial. “Uma das principais dificuldades é que o Educandário não tinha nenhum convênio fixo com os órgãos públicos, apenas uma pequena parceria com a prefeitura municipal. A manutenção de todos os organismos da entidade se dava por meio do serviço religioso prestado, através de alguns aluguéis como o do sítio, quadra, salão de eventos, festas beneficentes, ação entre amigos, objetos religiosos e doações diversas da comunidade”, explica o Padre, que também faz questão de enaltecer algumas emendas parlamentares que foram destinadas à entidade pelos deputados estaduais Cássio Soares (PSD) e André Quintão (PT), no ano de 2012. “Através destes recursos foi possível comprar utensílios e equipamentos novos, como computadores, freezers, mesas, cadeiras, entre outros”, afirma.

Tendo em vista a revitalização física do prédio, o atendimento às crianças e também aos seminaristas foi fragmentado ao longo de 2013, devido à questão da segurança e do desconforto de uma reforma demorada. Nesse último ano aconteceram apenas atividades esportivas, como o Programa Minas Olímpica – parceria com a FESP - e Escolinha do Zico. Em relação ao Centro Social Pe. Léo e o Cursinho Pré-Vestibular Dércio de Andrade, ambos continuaram normalmente com suas atividades, porque os atendimentos funcionaram em outros anexos.

Pe. Luizinho lembra que o Educandário é uma Instituição Religiosa e que atende não apenas o território central, mas todos os fiéis “que batem à sua porta, seja para um aconselhamento espiritual; bênção de um veículo, casa, comércio; confissões; além das duas missas diárias ou qualquer outra necessidade.”

Foto 1: O telhado sendo trocado: reforma já está quase concluída, e possibilitará mais conforto e segurança ao local. Foto 2: A reforma na parte interna.
Foto 1: O telhado sendo trocado: reforma já está quase concluída, e possibilitará mais conforto e segurança ao local. Foto 2: A reforma na parte interna.

 

Andamento das obras

Por se tratar de um prédio antigo, construído em 1950, muitas empresas não queriam assumir a responsabilidade da reforma, ou pediam preços exorbitantes para a execução da mesma, o que dificultou um pouco o início dos trabalhos. Segundo Pe. Luizinho, as reformas agora já estão adiantadas: foi substituído todo o telhado e grande parte parte do madeiramento; foram trocados todos os beirais, calhas e condutores, foram feitas todas as adequações exigidas pelo Corpo de Bombeiros, além das reformas do salão de eventos, já estão sendo recuperadas todas as janelas, e está sendo viabilizada toda a reforma elétrica do prédio. O próximo passo é trocar o forro interno, reformar e adequar todas as salas do térreo e o primeiro piso e posteriormente uma pintura geral. Até o momento já foram gastos: R$279.723,00, e estão previstos para a finalização de toda a reforma algo em torno de R$200.000,00.

Troca de telhado na fachada do prédio.
Troca de telhado na fachada do prédio.

As metas da entidade para 2014

O Educandário pretende manter para este ano os programas sociais já existentes e que são uma referência para a entidade e toda população passense, como o Centro Social Pe. Léo; Cursinho Pré-Vestibular; Programa Minas Olímpica e Escolinha do Zico. Outra prioridade é retornar o atendimento integral das crianças no período contrário da escola, caso se concretize uma parceria que está em negociação com a prefeitura. A intençao é reabrir o seminário assim que as obras forem concluídas, para continuar ajudando na formação de futuros padres. O Educandário, que é propriedade da Congregaçao Rogacionista, deve receber mais um padre para o atendimento à comunidade, já que atualmente conta com apenas 3 sacerdotes: Pe. João Inácio (diretor presidente), Pe. Luiz (tesoureiro) e Pe. Osni (Pároco), que além do Educandário atendem à Paróquia Nossa Senhora das Graças e ao Carmelo.

Pe. Luizinho salienta o prazer que ele e todos os Padres Rogacionistas têm de trabalharem em Passos, tanto pelo carinho do povo, como pela confiança, receptividade, participação e o acolhimento da população, que reconhece a importância do trabalho da congregação para a cidade, tanto na parte religiosa, como na área social. “Por isso que nós queremos continuar contando com essa participação, para que possamos aprimorar ainda mais esse trabalho para o ano de 2014. Em nome de todos os religiosos, agradecemos todo esse carinho, e desejamos ao povo passense um excelente e abençoado 2014”, finaliza Pe. Luizinho.

Renato Rodrigues Delfraro

© Copyright 2013 Foco Magazine

by Mediaplus