Turismo

Voc está em: Home, Turismo, Las Vegas cidade da extravagância

Fevereiro de 2014

Las Vegas cidade da extravagância

Vista de cima da Torre Eiffel - Águas do Hotel Bellagio.
Vista de cima da Torre Eiffel - Águas do Hotel Bellagio.

 

Mais do que uma cidade turística, Las Vegas é praticamente uma lenda. Impossível não visitá-la sem ser contagiado pelo espírito de festa constante, pelos inúmeros cassinos, espetáculos, hotéis luxuosos e pelo glamour e brilho presentes em toda parte da cidade. Foram por essas e outras que levou Marcelo Lemos Gomes a comemorar seu aniversário de 50 anos, ao lado da esposa, Paulene Conte Garcia Gomes, na cidade do fulgor. Esbanjando riqueza, Las Vegas é a queridinha de muitos famosos, sendo um deles tão lendário quanto ela, como Elvis Presley, que fez shows históricos nesta cidade que é recheada de entretenimento.

No Hotel Venetian: réplica de Veneza.
No Hotel Venetian: réplica de Veneza.

Para viciados em caça-níqueis, ela é a capital do jogo, para os que sonham em trocar alianças num estalar de dedos, a capital mundial do casamento, para os marqueteiros do governo e das inúmeras casas de shows, a capital do entretenimento e para os moralistas de plantão, a cidade do pecado. Grande parte da fama deve-se às extraordinárias quantias arrecadadas nos cassinos. Todos eles têm atrações diversas para não deixar o hóspede explorar outras paragens.

Apesar de não gostarem de jogar, o médico pediatra, Marcelo Lemos Gomes e a doceira, Paulene Conte Garcia Gomes se divertiram pra valer em Las Vegas. A começar pelo show da cantora Beyoncé que segundo eles, é um espetáculo a parte. O show aconteceu no MGM. Também assistiram no Hotel Mirage, o Cirque de Soleil “Love”, que tem a trilha sonora dos Beatles e ainda os dinâmicos Blue Man Group, uma companhia de conteúdo e entretenimento dos Estados Unidos.

No Hotel Venetian: réplica de Veneza.
No Hotel Venetian: réplica de Veneza.

“Las Vegas é uma cidade que funciona 24 horas. Tirando os restaurantes e shoppings que fecham às 22h, a cidade não pára e há opções para todos os gostos e estilos. Nos hotéis, que existem aos montes e cada um mais bonito que o outro, é possível encontrar de tudo: desde lojas sofisticadíssimas a capelas para se casar. Las Vegas é uma mistura irresistível de cores, luzes e sons.”

As grandes estrelas de Las Vegas são os hotéis e cassinos, os principais, localizados ao longo da Las Vegas Boulevard, mais conhecida como “The Strip”. A avenida é extensa, mas pode ser visitada a pé. Marcelo e Paulene alugaram um carro apenas por dois dias, nos demais dias andaram à pé para explorar bem o local. Foi durante estas andanças que eles descobriram e ficaram admirados com as fontes do Hotel Bellagio. Não são fontes quaisquer, elas dançam e troca-se de música todos os dias.

Las Vegas

 

A viagem à Las Vegas aconteceu em dezembro de 2013, portanto, a decoração de natal nos hotéis em que Marcelo e Paulene visitaram se esmeraram nos arranjos. “Os enfeites e os detalhes ornamentados para o natal eram a coisa mais linda que já vi. No hotel Wynn, por exemplo, havia balões e jardins inteiros feitos de rosa de todas as cores e muitas flores, um luxo só!”, conta Paulene.

Decoração de Natal do Hotel Wynn.
Decoração de Natal do Hotel Wynn.

O Hotel Luxor é uma réplica de uma pirâmide Egípcia de onde à noite, no seu topo, sai um feixe de luz que pode ser visto de longe. É cenário para um dos ilusionistas mais famosos do mundo, Criss Angel, e para uma das figuras mais conhecidas dos Estados Unidos, Carrot Top, entre outros espetáculos e exposições.

Já o Caesar’s Palace foi cenário do filme “Se Beber não Case”. Segundo Marcelo, “o Caesar’s Palace tem um ambiente fantástico, inspirado na antiga Roma, repleto de colunas e estátuas. O hotel oferece serviços de SPA, opções de entretenimento e uma exposição de fotos históricas do esporte, na galeria Neil Leifer. Apresentações de famosos como Celine Dion e Elton John também ocorrem no local”, comenta Marcelo.

Paulene, que é doceira, ficou encantada com as guloseimas do Hotel Aria. “Os doces, os bolinhos, tudo é uma delícia. Marcelo e eu saboreamos uma sobremesa de morango que é um sonho, recomendo a todos”, conta, lembrando também do Rainforest Café: “É um restaurante estupendo, cujo tema é a floresta. Pra se ter uma ideia, cada banco tem o formato de um bicho! É muito legal!”. O casal saboreou ainda comidas deliciosas no restaurante Cheesecake Factory, onde comeram massa com camarão e também no Restaurante Maggiano, uma cantina com boa comida e ótimos preços. É fantástico para quem aprecia um “tour gastronômico”.

Las Vegas

 

Torre Eiffel em Las Vegas

Muita emoção eles sentiram no Hotel Paris que ostenta a maior réplica da torre Eiffel já erguida no mundo. O turista pode subir de elevador até o topo da torre e ver lá do alto as fontes que dançam do Hotel Bellagio. Marcelo e Paulene fizeram fotos de vários ângulos. Neste dia, como contaram, estava bem frio. “Dezembro em Las Vegas é inverno e a temperatura no topo da torre era de zero grau. Apesar do gelo que estava lá em cima, valeu a pena ver toda aquela beleza de lugar. Foi inesquecível”, diz Paulene.

Interessante também foi ver os casamentos relâmpagos que são realizados em Las Vegas, como atesta o casal. “Alguns são sóbrios e outros nem tanto que acontecem nas capelinhas espalhadas pela cidade. A capela mais famosa é a White Wedding Chapel, destino de muitos casais apaixonados que optam em realizar a cerimônia nesse cenário inusitado”, explicam.

Tempestade simulada dentro do Hotel Planet Hollywood.
Tempestade simulada dentro do Hotel Planet Hollywood.

Em relação à língua, é melhor que quem vai visitar Las Vegas saiba falar razoavelmente o inglês. De acordo com o casal, eles encontraram pouquíssimos brasileiros e pessoas que falam espanhol por lá.

“Lá tem o seguinte: É bom que você ande com dinheiro trocado. Se der uma nota maior os taxistas não voltam o troco. E tem mais: é interessante que antes de viajar a pessoa pesquise sobre os locais onde quer visitar e o reduto principal. Durante trajeto de volta para o aeroporto, o taxista tentou nos enganar dando voltas. Se você conhece mais ou menos o lugar, fica mais fácil conversar”, diz Marcelo.

Visitaram muitos outros hotéis como o Mandalay Bay, que possui um aquário de tubarões enorme, o Planeta Hollywood, onde de repente escurece o teto e cai uma tempestade, e ainda o Venetian onde é possível se sentir em Veneza com as gôndolas e seus canais e muito mais.

 

Em frente ao Hotel Luxor.
Em frente ao Hotel Luxor.

“Acredito que Las Vegas não é destino apenas para quem gosta de cassinos. Há muito que explorar nesta cidade. É o local apropriado para entretenimento, diversão e cultura. Las Vegas é acima de tudo uma colorida máquina de tirar dinheiro dos nossos bolsos. Para o turista que está ciente disso e sabe controlar, Las Vegas pode ser muito divertida, um tipo de Disneylândia de luzes neon, onde sempre é carnaval! Recomendamos a todos!”, finaliza Marcelo e Paulene.

Graciela Nasr

O casal em frente ao Hotel New York.

© Copyright 2013 Foco Magazine

by Mediaplus