Turismo

Você está em: Home, Turismo, Comandatuba

Outubro de 2014

Comandatuba

Localizada no distrito de Una, na Bahia, a Ilha de Comandatuba pode ser considerada um lugar paradisíaco. A pedagoga Creide Ponçansini esteve no local com a filha Laura Hellen Ponçansini e sua sobrinha Gabriela para participar de um congresso do Colégio COC, mas é claro que aproveitou para descansar e desfrutar as belezas do local.

Comandatuba.

Creide Ponçansini ficou sete dias em Comandatuba e diz que se impressionou com as belezas da ilha. “É um lugar fascinante, com uma natureza muito bonita, uma vegetação exuberante”, ressalta a diretora do Colégio COC de Passos ao lembrar da ilha, que fica no litoral sul da Bahia e está a 545 km de Salvador. Comandatuba possui 21 km de praia semideserta, com coqueiros margeando a areia e mar de ondas fortes. Os pescadores que residem na praia moram em casas muito simples. Creide ficou hospedada no Hotel Transamérica, único hotel da ilha, onde ocorreu o congresso de gestores do COC, e que ocupa a maior parte do território da ilha. “É um resort maravilhoso, tem muitas piscinas, aeroporto, centro de convenções, a gente se dividia entre o hotel e a praia”, explica Creide.

A pedagoga diz que Comandatuba é uma ilha muito extensa e que a viagem é bastante cansativa, já que além da viagem aérea também foi preciso fazer o percurso terrestre e marítimo para chegar até o local. “Ao chegar nós fomos recebidas por um grupo de diversas baianas, tudo muito típico e original”, relata.

Dentre as várias opções de lazer e diversão disponíveis na Ilha, Creide destaca a trilha e os passeios de buggy e triciclo, que foram mais praticados pela filha Laura Hellen e a sobrinha Gabriela Medeiros, já que a pedagoga teve que se dividir entre o passeio e a participação no congresso.

Creide diz que na ilha não há água potável, e que a água tem que ser trazida de outra localidade para o consumo de quem fica no hotel. Sobre a culinária do local, a pedagoga destaca que é essencialmente composta por frutos do mar e são servidos muitos peixes, camarão, lagosta, além de diversos sucos naturais. No último dia da estadia foi servida uma suculenta feijoada, prato muito comum na Bahia.

Creide ainda destaca as várias opções de lazer noturno disponíveis no resort, como barzinhos, boate, restaurante entre outros. “Foi uma viagem maravilhosa! A única coisa ruim foi ter que vir embora (risos). A todos que tiverem a oportunidade, eu recomendo Comandatuba, é um lugar muito propício para quem quer descansar”, finaliza.

Renato Rodrigues Delfraro

Passeio de triciclo pela praia.

© Copyright 2013 Foco Magazine

by Mediaplus