Turismo

Voc está em: Home, Turismo, NOVA YORK nas 4 estações!!!!!

Março de 2015

NOVA YORK nas 4 estações!!!!!

Lívia Maia está completando 1 ano que mora em Nova York. Interrompeu sua carreira bem sucedida de fisioterapeuta para realizar um sonho antigo de morar na CIDADE QUE NUNCA DORME. A convite da FOCO MAGAZINE Lívia mostra, com o olhar de quem mora e conhece bem o local, passeios e lugares mais que especiais!

NOVA YORK

 

 

Dicas imperdíveis para as 4 estações do ano:

INVERNO... Esta é a estação que caí por amores...

Confesso que é uma estação difícil, começando pelo sol que se põe às 16 horas e 30 minutos, temperaturas baixíssimas, mas o país está preparado e você frequenta lugares incríveis, como se tomar um bom vinho...!

Lívia e sua tia Wanise a qual a recebeu de casa e braços abertos em NY indo assistir a um espetáculo de ballet.
Lívia e sua tia Wanise a qual a recebeu de casa e braços abertos em NY indo assistir a um espetáculo de ballet.

Tive a oportunidade de conhecer UPSTATE NY - divisa com o Canadá, (Geneva, Ithaca, Hector, Pen Yan, Hammondsport). Vilas abastecidas por viniculturas, cervejarias e casas de queijos. Sem contar que me senti perdida em um deserto de neve! Se estiver acompanhadooooowowwww!! 

Sobre o OUTONO EM NY... te deixa chocada, aliás, a natureza proporciona um espetáculo de cores. Para quem estiver vindo nesta época não deixem de ir: em Storm King Art Center, um dos principais parques de esculturas do mundo, fica próximo ao outlet de Woodbury!

Summertime... Literalmente eu me senti como se estivesse em uma festa, onde o sol é o anfitrião e não existe convite porque os new yorkers dão tudo que têm.

 

Love

Nesta época do ano, todos aqui só pensam em Rooftops (Skylark tem a vista mais linda, e do Novo Hotel você vê a Times Square de outro ângulo). Absolutamente todos os prédios, com muito charme e glamour resolvem festejar o verão, tipo um “boteco na laje”, mas num estilo “empireofstate” de ser... à noite um arraso de luzes, eu fiquei deslumbrada três meses até que o frio fecha os rooftops! Daí lá desce «nois” pros pubs (Judge Roy Bean Public House, é a minha segunda casa)! 

Julho é alta temporada, e o trânsito de pessoas chega a ser irritante como na Rua 25 de Março em temporada de Natal, rs. Aliás aqui no Natal é pior que a 25 de Março do Brasil. Então minha dica para os Agorafóbicos é literalmente excluírem essa data do calendário!

Se pretender vir no Natal, o que achei mágico, lindo, coisa de cinema e ainda com trilhas sonoras nas ruas, esteja preparado para não fazer compras e nem encontrar um bom restaurante. Venha com espírito Natalino, porque é complicado!

US OPEN - evento animado e organizadíssimo. Se estiver em NY em Agosto vale a pena conferir. Tive a sorte de comprar o ticket para assistir Federer jogando. BINGO!!!
US OPEN - evento animado e organizadíssimo. Se estiver em NY em Agosto vale a pena conferir. Tive a sorte de comprar o ticket para assistir Federer jogando. BINGO!!!

Sobre a época mais florida do ano, não posso deixar de citar o meu lugar preferido, minha cadeira cativa: Central Park, tudo bem que lá é lindo os 12 meses do ano, mas na primavera existe uma diversidade de flores que cheguei a tocá-las para ver se eram de verdade mesmo, rs.

Durante a primavera, acontecem festivais sonoros, incluindo Brasileiros! Uma delícia. Aproveitem e conheçam o charmoso restaurante: Tavern on the Green in Central Park.

Para mim, o Central Park é muito especial além de ser o lugar mais lindo de NY. Assim que cheguei a Nova York, conversei com uma prima muito querida (que morou em NY também), e ela me aconselhou que toda vez que eu me sentisse angustiada, deveria ir até o Central Park, pois é um lugar revigorante e assim para mim ele se tornou uma fonte de energia! Lá eu busco todas minhas lembranças familiares, e recupero minhas fraquezas. Nesta época – primavera - consegui ir praticamente todos os dias, praticar esportes e me encontrar, foi muito bom!

West Village - bairro onde foi filmado Sex and the City
West Village - bairro onde foi filmado Sex and the City

Ahh mas não deixe de ir ao Park Highline – (jardim suspenso em Downtown) – parque mais inusitado que tive a oportunidade de conhecer. Era uma Estação de Metrô, comprido e fino, com vidro na lateral que se pode sentar e ver os carros passando. E do outro lado ainda pode ficar assistindo o pôr do sol e ver o Rio Hudson. Aproveite e suba até o rooftop do Standart Hotel e também dê uma passadinha pelo meatpacking. Aqui você vai encontrar desde melhores baladas como um bom restaurante Seafood, mexicano, Thai.

Agora estou besta, como os americanos são lúdicos e cronológicos! Na Páscoa, NY se fantasia de coelhos e ovos! Halloween são abóboras para todos os lados. Esta foi a parada mais fantástica que conheci. Minha sugestão para os jovens é exatamente esta temporada, (outubro, 31). Foi a tradição que mais me tocou, talvez pelo fato de não termos! Aqui as pessoas realmente se fantasiam, mais eu digo, toooooodas as pessoas, durante o trabalho, etc, e à noite, no dia do Halloween rola desfiles e festas onde todos vestem as melhores fantasias! Ai eh demais! Uma semana de balada!

Primeira foto: Rooftop - É como se fosse um boteco na laje. Segunda foto: Pub.
Primeira foto: Rooftop - É como se fosse um boteco na laje. Segunda foto: Pub.

 

Passatempo: Adoro discos de vinil e gasto boa parte do meu tempo off, a procura deles! Adoro gastar o meu tempo em uma simples caminhada pelo Soho e deparar com charmosos e bons restaurantes de um bairro chamado Nolita!!!

Aconselho para os marinheiros de primeira viagem (ou para os que nunca fizeram) a fazer, o sign tour. É cansativo, tipo eu cochilei, mais você conhece Manhattan inteira! É bem interessante! Aconselho no primeiro dia, mais não se esqueçam do café! Aconselho a não perder tempo com compras até porque os preços de NY não são os melhores.

Soho.
Soho.

Venha para cá, para explorar a Bigapple, a cidade que nunca dorme! Visite o Brooklyn, please! Vá a Willianburg, amoooo, tem muitos brechós e restaurantes nota A! Visite Queens, e experimente a comida grega! Mas vá na Apple Store! Tire uma foto.

Não conseguiria deixar meus preferidos e melhores restaurantes, dicas ou até mesmo bares! Existem muitas opções, e boas, das quais podem ser mais convenientes para cada localização! Escolhi meus últimos e especiais.

Vamos lá:

Museo de História Natural de Nova York é o meu preferido!

Cooper Hewwit Design Museum é surpreendente, designs históricos e contemporâneos.

Que tal uma pizza para domingo à noite: Marta e Robertas!

The Small: um pequeno bar de jazz raiz, bem alternativo.

BALADAS:

quinta: Red Lion, Sexta: Marquee,  sábado a tarde: Lavo, Sábado: Provocatour.

BRUNCH:

Sant Ambroeus, Jack’s Wife Freda (amo Ovos Benedict)

Em chique produção de Halloween.
Em chique produção de Halloween.

RESTAURANTES NA MEMÓRIA: 

Spice Market, Tao, Cafe Habana (não deixe de comer o milho e tomar uma Modelo), o Morandi, Gato, Estela, The Marshal (o menu são apenas com ingredientes locais) comi um sandwich com abóbora realmente perfeito!

Um bar “speakeasy” é o Please Don’t Tell, não se assuste quando entrar em uma lanchonete chamada Crif Dogs, assim que achar uma cabine telefônica entre e aperte o botão.

The Cannibal Beer & Butcher com diversas cervejas.

Birreria é um bar que fica no terraço do Eataly, muito agradável, ótimo programa familiar!

Adoro os Markets:

Chelsea (tem uma lagosta generosa), Ganservoort, Gothan.

Sorveteria Artesanal: Odd Fellows (Brooklyn).

Brigadeiro Bakery, localizado no Soho, o próprio nome já diz para os viciados de plantão.

New York Mágica! Quando estiverem aqui entrem no ritmo e aproveitem da CITY THAT NEVER SLEEPS!!!!!

por Lívia Maia

© Copyright 2013 Foco Magazine

by Mediaplus