Arquitetura e Construção

Você está em: Home, Arquitetura e Construção, Segurança é prioridade

Julho de 2016

Segurança é prioridade

Com a criminalidade que assola o Brasil, investir na segurança patrimonial é mais do que necessário; diversas opções de equipamentos e serviços estão disponíveis no mercado para atender todos os bolsos.

.

Os crimes contra o patrimônio, como os furtos e roubos a residências, são uma preocupação cada vez maior no Brasil. Por isso, para proteger suas moradias, os proprietários vêm investindo cada vez mais em equipamentos e serviços de segurança. As concertinas, as cercas elétricas, câmeras de monitoramento e portarias de condomínios sem emprego de vigias são algumas das diversas opções que o mercado oferece. 

Numa casa em obras, o projeto de segurança deve ser executado junto com os das redes elétrica e telefônica. Nas casas que já estão prontas, o equipamento pode ser instalado quando o proprietário desejar, sem precisar quebrar paredes, pois há tecnologia de câmeras e alarmes sem fio (veja no quadro).
 
Juliano da Silva Lemos
O empresário Juliano da Silva Lemos.

 

O empresário do ramo de segurança Juliano da Silva Lemos recomenda a quem tiver interesse em investir na proteção de sua casa ou empresa que contrate o serviço em um estabelecimento comercial qualificado para evitar possíveis dores de cabeça com equipamentos que poderão ser ineficientes e não atender plenamente às necessidades do cliente. “A pessoa deve buscar uma empresa séria no mercado, com alto conhecimento em segurança, “, alerta Juliano.

O investimento, ao contrário do que muitos podem estimar, cabe em qualquer bolso: começa na faixa de R$ 100 a R$ 200 para monitoramento, podendo chegar a R$ 2 mil ou R$ 3 mil, em equipamentos para uma casa de médio padrão, dependendo da complexidade do equipamento e do serviço contratado.
 
Aparelho para gravar imagens captadas por cameras de video.
Aparelho para gravar imagens captadas por câmeras de vídeo.
Cerca eletrica.
Cerca elétrica.
 

 

Câmera de vídeo monitora entrada da casa.

Um exemplo de negócio mal feito é o do alarme com discador para o celular do cliente. Trata-se de uma alternativa mais barata, mas de pouca eficiência.

Esse sistema econômico funciona da seguinte forma. Ao ser acionado, o discador automático do alarme aciona o celular do cliente, que, por sua vez, irá tomar as providências por conta própria para averiguar o que está ocorrendo em sua residência ou empresa. 
 
Porém, se esse cliente estiver num local sem sinal de celular, ou se estiver próximo a sons e ruídos que o impeça de ouvir o telefone, o alarme será inútil e o ladrão terá uma boa chance de fugir. “Isso é uma dica fundamental, porque, às vezes, a pessoa, quando vai vender, não deixa isso esclarecido para o cliente”, diz Juliano Lemos.
 
Segundo o empresário, o mercado oferece tecnologia que garante mais a eficiência do sistema, em termos de comunicação, caso ocorra violação da propriedade. São os monitoramentos via rádio frequência com a integração de câmeras.
 
A comunicação via rádio é mais rápida com a central, é mais segura em relação a possíveis cortes da linha telefônica, transmite os dados integralmente e ao mesmo tempo em que os eventos ocorrem, além de permitir testes periódicos. O monitoramento por câmera de vídeo é importante para a visualização do perímetro no momento em que a violação acontece, além da vantagem do armazenamento das imagens para uso posterior.
 
 
NOVO SISTEMA DE PORTARIA CHEGA A PASSOS
 
Uma das mais altas tecnologias de segurança patrimonial, a portaria inteligente está sendo introduzida em Passos. A portaria inteligente funciona sem o emprego de vigias, monitora todo o sistema de segurança do condomínio, como a cerca elétrica e as câmeras e controla com total eficiência o acesso de pedestres e veículos.
 
Segundo o empresário de segurança patrimonial Juliano da Silva Lemos, essa sofisticada tecnologia não permite possíveis falhas de um porteiro comum, cuja atenção poderia se dispersar por algum motivo e deixar a portaria vulnerável. “É um sistema inovador, mais comum em cidades grandes, porque, além de ter a segurança, vale muito a pena pela economia com os custos, que pode chegar a 50%”, afirma o empresário.
 
Com a portaria inteligente, o condomínio fica livre das despesas que teria com os salários e encargos dos vigias, que, neste caso, se tornam dispensáveis. As câmeras da portaria inteligente transmitem as imagens 24 horas por dia para a central de monitoramento. Os visitantes são identificados pela central e suas informações são comunicadas ao morador, que autoriza ou não sua entrada. 
 
Em caso de autorização, a pessoa terá que passar por uma eclusa, que são dois portões: um só abre depois que o outro se fechar. Na entrada de veículos, o acesso só é liberado por um tag (etiqueta eletrônica fixada no para-brisa),  semelhante ao sistema “sem parar” dos pedágios de rodovias. 
 
Concertina instalada sobre o muro  de uma casa.
Concertina instalada sobre o muro de uma casa.
Vídeoporteiro.
 
 
 

 

 
 
Monitor de cameras de video.
Monitor de câmeras de vídeo.

 

 
 
A TECNOLOGIA DA SEGURANÇA
 
CÂMERAS DE VIGILÂNCIA  monitoram pontos específicos da casa e ajudam a inibir os ladrões. São instaladas na entrada e locais mais inseguros, como garagem e quintal. Os modelos mais sofisticados possuem sensor infravermelho, para filmagem e gravação noturna, e full HD, que identificam as placas dos veículos e o rosto com mais nitidez.
 
 
ALARME E SENSORES  existem vários tipos de sensores, cada um adequado a situações diversas. Embora sejam alternativas a cercas elétricas e concertinas, por causa da estética dessas, podem ser instalados nas cercas elétricas, criando duplas barreiras ao acesso de invasores. Os modelos mais sofisticados evitam o inconveniente dos disparos falsos.
 
 
PORTEIRO ELETRÔNICO  os modelos com vídeo são os mais indicados por oferecerem maior segurança justamente pela visualização de quem está tocando a campainha.
 
 
PORTARIA INTELIGENTE  indicada para condomínios, dispensa vigias e funciona com monitoramento à distância. A portaria inteligente monitora a cerca elétrica do perímetro do condomínio, as câmeras de vídeo e controla o entra e sai de pedestres e veículos, com segurança total.
 
Enio Modesto
 
Veja mais fotos:
O empresário Juliano da Silva Lemos em seu escritório

© Copyright 2013 Foco Magazine

by Mediaplus