Relacionamentos

Você está em: Home, Relacionamentos, Você conhece bem o seu mapa do amor?

Março de 2017

Você conhece bem o seu mapa do amor?

por Ana Flávia Soares

.

 

Muitos casais possuem longos anos de convívio, estão unidos pelos corpos e separados pelas almas, sem saber quais são os valores, forças, princípios, sonhos, metas e vontades de seus parceiros. Estar juntos há anos não significa, necessariamente, ter total conhecimento sobre a relação e o seu companheiro.

Conhecer o que chamamos de “mapa do amor” é saber navegar junto com seu parceiro pelos mesmos “mares”. É ter o total entendimento dos grandes sonhos, atividades preferidas, gostos detalhados, pontos fortes e talentos, valores e princípios de quem divide a vida com você. É também conhecer o que o seu parceiro não gosta de fazer ou não gostaria que fosse feito a ele. Mais do que isso, é possuir objetivos de vida e propósitos em comum, para que juntos o casal possa construir e lapidar continuadamente o próprio mapa do amor.
Você já parou para analisar quais são as forças e talentos do seu companheiro? O que só ele ou ela faz muito bem? Quais são as qualidades, competências e habilidades da pessoa que está do seu lado? Inclusive, quais são as diferenças de pensamentos e comportamentos que vocês têm? Saber explorar e utilizar os pontos fortes da pessoa com quem você divide a sua vida é, primordialmente, valorizá-la por aquilo que ela é única, reconhecer sua essência e usá-la para o crescimento mútuo de uma relação saudável.
Todavia o que percebemos em nossa realidade é completamente o oposto. A grande maioria dos casais tem como foco apenas as fraquezas de seus pares. Ressaltam, criticam, brigam e em muitos casos, até mesmo humilham aquilo que o outro não é tão bom. Que tal passar a enxergar você e seu companheiro (a) como complementares ao invés de opostos? Pense bem, qual habilidade que você não tem, mas pode enxergar e aproveitar no seu par? Que tal passar a ver os sonhos que ele possui também como os seus? Que tal compartilhar os seus grandes sonhos para que também se tornem os dele?

Parceiros que se enxergam como complementares entendem que caminham juntos, lado a lado, somando forças para viver um propósito em comum. Ninguém se casa ou se relaciona para ser infeliz, entretanto, vemos que após a rotina ser estabelecida, os parceiros param de cultivar e cativar o outro, acomodam-se com a rotina e o mapa do amor vai se enferrujando, apodrecendo até que então, ele começa a se deteriorar. Invista no seu relacionamento continuadamente, aperfeiçoe o seu mapa do amor com frequência, atenda as necessidades de quem divide a vida com você para que as suas também sejam atendidas – e principalmente – empenhe-se em construir uma visão de futuro compartilhada, onde o sonho de um também é o do outro.

5 Dicas para Aperfeiçoar o Mapa do Amor:

Responda as cinco questões que evidenciarão se o seu mapa do amor está atualizado:

1-) Escreva detalhadamente quais são as forças e talentos do seu companheiro: o que só ele faz tão bem que ninguém mais consegue fazer?


2-) Quais são os principais sonhos que seu companheiro possui nesta vida? Qual é o maior de todos eles?

3-) Quais são os valores do seu companheiro, o que você sabe que é importante para ele nesta vida? (Ex: Família, Segurança, Status, Liberdade, etc).


4-) Quais são as necessidades que você busca atender do seu companheiro? O que é de extrema importância para ele que você sempre aja ou faça?

5-) Como está o diálogo de vocês? O que você tem feito para que o diálogo seja saudável e construtivo?

Com base nas respostas anteriores, responda:


6-) Qual é a conclusão que você pode chegar?

7-) Como você pode explorar mais as forças e talentos do seu companheiro para juntos construírem uma visão de futuro compartilhada?

8-) Como você pode aprimorar e melhorar o seu mapa do amor?

9-) Qual é o principal propósito que une vocês?

10-) Como você irá utilizar as forças do seu par complementando as suas?

© Copyright 2013 Foco Magazine

by Mediaplus