Saúde

Você está em: Home, Saúde, Terapia Ocupacional e a Integração Sensorial

Outubro de 2017

Terapia Ocupacional e a Integração Sensorial

.

A Terapia Ocupacional (TO) busca o desenvolvimento, tratamento e reabilitação de pessoas de qualquer idade que tenham seu desempenho ou sua convivência afetados por problemas motores, cognitivos, emocionais e de inserção social. Planeja e organiza o cotidiano (dia a dia), despertando suas potencialidades, possibilitando melhor qualidade de vida e objetivando maior grau de autonomia e independência do indivíduo.

Uma das abordagens mais utilizadas é a Terapia de Integração Sensorial (IS) e pode ser utilizada com diferentes tipos de deficiências e/ou distúrbios. 
 
A Terapia de IS se baseia na promoção de estimulação sensorial controlada, especialmente tátil, vestibular, proprioceptiva, visuais e auditivos por meio de brincadeiras e atividades significativas com a participação ativa da criança, tendo o objetivo de melhorar a auto regulação e aumentar atenção em atividades, além de melhorar coordenação motora e planejamento para maior sucesso no desempenho ocupacional nas atividades do dia a dia.
 
Para praticar esta técnica de tratamento é essencial ter um setting terapêutico adequado, que ofereça todos os tipos de estímulos com variedades. É utilizado estruturas e equipamentos suspensos para promover movimentos que ativam os sistemas sensoriais, tais como: balanços, redes, câmara de pneu, escalada, piscina de bolinha, escorregador, skate, além de materiais que promovam distintas experiências sensoriais.
 
Independente do diagnóstico ou do ambiente terapêutico, a melhora no desempenho de atividades é uma meta final na intervenção da terapia ocupacional. A terapia ocupacional na IS poderá intervir de forma a favorecer a recepção, o processamento e a resposta adaptativa ao meio, melhorando o desempenho ocupacional nas habilidades motoras, aprendizado acadêmico, linguagem, trabalho, brincar, atividades diárias e habilidades sociais pessoais.
 
Cabe ressaltar que junto a clientela que apresenta desordem neuromotora, é importante que o terapeuta ocupacional realize um trabalho com a família para que a terapia seja mais eficaz. O trabalho em equipe multidisciplinar também é importante devido aos prejuízos motores, sociais, psicológicos e linguagem que o paciente apresenta.
 
 
Quais são os sinais de disfunção de Integração Sensorial?
 
 
• Pouca ou muita sensibilidade ao toque, ao movimento, a estímulos visuais e auditivos;
• Medo excessivo de altura e movimento, medos de balanços e de brinquedos de parque;
• Pobre coordenação motora e equilíbrio, coordenação entre os dois lados do corpo e má consciência espacial e desenvolvimento pobre da percepção de posição;
• Criança excessivamente ativa ou muito lenta, cansando-se facilmente;
• Comportamento impulsivo ou dispersivo, atenção de curta duração, dificuldade de focar na tarefa;
• Dificuldade em usar e entender linguagem, resultando em problemas na comunicação;
• Baixo rendimento escolar e problemas de escrita e leitura;
• Dificuldades para planejar movimentos e sequenciar tarefas, lentidão ao desempenhar ou aprender tarefas motoras novas. Desajeitada, bate-se nas coisas ou cai muito parecendo não ver os obstáculos no caminho;
• Dificuldade para brincar e fazer amigos;
• Dificuldade para se ajustar a situações novas, rejeitando mudanças de rotina e apresentando comportamentos frequentes de agressão ou frustração;
• Criança desmotivada, com baixa autoestima e que evita novas atividades e desafios;
• Déficit de força e tônus muscular, podendo resultar em má postura e fadiga.

 

Maren Garcia Rangel

Máren Garcia Rangel
Terapeuta Ocupacional

 
• Graduada pela Universidade de Uberaba (UNIUBE)
• Pós-Graduada com título de Especialista em Terapia Ocupacional Aplicada à Neurologia
• Pós-Graduada com título de Especialista em Saúde Mental e Psiquiatria
• Certificação Nacional em Integração Sensorial pela Ludens Cursos/Campinas-SP
• Certificação Internacional em Integração Sensorial pela Ludens Cursos Campinas/SP - Módulos I, II e III da USC (University of Southern Califórnia)
• Curso de Extensão Básico e Avançado de Equoterapia pela ANDE Brasil - DF
• Aperfeiçoamento Saber Autismo: Intervenções nos Transtornos Espectro Autista (TEA)
 
 
 
Clínica Espaço Crescer
Rua Antônio Celestino, 400 - Centro Passos/MG
Fone: (35) 3521-0579 - (35) 98828-1631
marengarcia@hotmail.com

© Copyright 2013 Foco Magazine

by Mediaplus