Esporte e Saúde

Você está em: Home, Esporte e Saúde, Como a atividade física ajuda no combate à depressão

Agosto de 2018

Como a atividade física ajuda no combate à depressão

A atividade física, conforme artigos publicados anteriormente, é combatente nas diversas doenças maléficas dos nossos dias atuais, e agora, após um estudo publicado demonstrou a sua atuação frente a outra doença, a depressão.

.
 
De acordo com um estudo publicado no “JAMA Psychiatry”, a sensação de bem-estar após a prática de atividade física perdura por mais tempo. Este tempo dura até 72h após a realização de exercícios físicos. Para quem tem hábitos regulares de atividades físicas, esta duração prolonga mais, conforme demonstrou este estudo, relatou o Prof. Pedro Américo de Souza, Mestre em Ciências da Educação pela Universidade de Frankfurt e Doutor em Ciências da Reabilitação pelo Instituto de Reabilitação, Educação Física e Esporte Adaptado de Colônia (Alemanha).
A depressão é um distúrbio patológico do humor e do afeto no qual um estado emocional negativo é acompanhado por alterações na energia, no sono, no apetite, na atividade e na cognição. A depressão se caracteriza por um conjunto de manifestações, tais como: sentimento de inutilidade, expressão cansada, desânimo, aparência desleixada, tendência ao isolamento, conflitos relativos à condição de não fazer nada; ideias suicidas, complexo de culpa, dificuldades de concentração e de tomada de decisões, dor de cabeça, distúrbios do sono, alterações no peso, transformações no organismo e demais distúrbios físicos.
 
É sabido que a atividade física tem a ação de sensação de bem-estar, através das reações provocadas bioquimicamente, como a Dopamina, Serotonina, e outras que provocam efeitos relaxantes e analgésicos. Tem os efeitos emocionais, capazes de permitir ao praticante de atividade física a sensação de fazer algo eficaz para a sua saúde física e emocional, com isto, ocorre mudança de estado emocional, de negativo para positivo, sensações de maior disposição e de ânimo para a vida. Outro fator importante é a energia, capacidade física e disposição para o trabalho. Ninguém vai a academia para reclamar de algo, está feliz, com isto evita o isolamento que é tão frequente e marcante nas pessoas deprimidas.
Mexa-se, corra, pratique esporte, faça exercícios físicos regularmente, seu corpo agradece.
 
por Marcelo Campos Machado

© Copyright 2013 Foco Magazine

by Mediaplus