Encontro de talentos

Você está em: Home, Encontro de talentos, Intercâmbio literário: encontro entre escritores

Abril de 2012

Intercâmbio literário: encontro entre escritores

Em Passos, a escritora Hilda Mendonça faz da literatura uma opção de escape à calmaria intelectual e uma ferramenta de contato com o mundo exterior.

Turma que compareceu no 1º encontro (da esq. p/ dir.): Esdras Azarias Campos, Hilda Mendonça, Yara Oliveira, Magela Oliveira, Sebastião Wenceslau Borges, Celinho, José Levindo Brasileiro e Hélio Negrão.
Turma que compareceu no 1º encontro (da esq. p/ dir.): Esdras Azarias Campos, Hilda Mendonça, Yara Oliveira, Magela Oliveira, Sebastião Wenceslau Borges, Celinho, José Levindo Brasileiro e Hélio Negrão.

Hilda Mendonça, escritora nascida em Alpinópolis que está lançando seu 20º livro agora no mês de abril e que escreve para a FOCO na coluna Foquinha, direcionada às crianças, iniciou um movimento entre os escritores que tem dado o que falar na cidade. Trata-se de reuniões onde cada militante da palavra escrita troca informações e experiências literárias com o intuito de discutir as obras, as ideias, o contexto geral da literatura no mundo atual. O movimento tem dado tão certo, que é intenção do grupo (que não para de crescer), inserir artistas de todas as vertentes do município para também interagir com os integrantes. 

As reuniões têm acontecido uma vez por semana na biblioteca da Fesp, sempre às 19h30 e tem atraído diversos escritores de Passos e agora também da região. Conforme Hilda, convites estão sendo feitos para alguns escritores, mas quem se interessar, também deve comparecer aos encontros que geralmente INTERCÂMBIO LITERÁRIO: encontro entre escritores tem duas horas de duração.

Yara Oliveira, pintora e escritora com três livros publicados sobre verso, prosa e trabalhos de desenhos em tela e escultura, é uma das que compareceram ao encontro e achou a ideia formidável. “Para os amantes da literatura e das artes, é uma oportunidade e tanto para se discutir cultura e ideias. Há um momento para cada coisa: troca de experiências, declamação de poesias, discussões em torno de um assunto específi co, etc. É muito gratifi cante mesmo. Esperamos que mais pessoas participem conosco, ainda mais agora que é intenção da Hilda ampliar esse projeto e agregar artistas também”, fala Yara.

Isso mesmo. Conforme Hilda Mendonça, ela está pensando em fundar uma associação, ainda sem nome, mas abrangendo mais profi ssionais da área da escrita como escritores, jornalistas, colunistas, poetas, gente do teatro, da dança e da música. “É difícil falar agora porque estamos ainda nos organizando e pensando na melhor forma de fundar a associação, mas o objetivo principal é esse: interagir uns com os outros e preencher esse vazio que as pessoas sentem, em poder se distrair com a arte, com a cultura de um modo geral”, explica Hilda, dizendo que todos apresentam uma visão das suas vivências do universo e que isso é enriquecedor para todo mundo.

A escritora alpinopolense, radicada em Passos, aproveita o momento e tece elogios à iniciativa do Departamento de Cultura da Secel (Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer) de Passos, em promover todas as últimas quartas- feiras do mês os “saraus” artísticos onde têm aparecido grandes talentos ocultos. “Passos é um verdadeiro celeiro de artistas que precisam mostrar sua arte, notadamente os jovens”, sentenciou Hilda Mendonça.

Graciela Nasr

© Copyright 2013 Foco Magazine

by Mediaplus