Última Edição
Nov/Dez 2019
 Nov/Dez 2019

Humor

Humor - ed. 71 - março/2011

  • O CICLO DA VIDA

    .

    Aos 4 anos, sucesso é não fazer xixi nas calças;

    Aos 10 anos, sucesso é ter amigos;

    Aos 20 anos, sucesso é ter relações sexuais;

    Aos 40 anos, sucesso é ter relações sexuais e dinheiro;

    Aos 60 anos, sucesso é ter relações sexuais;

    Aos 70 anos, sucesso é ainda ter amigos vivos;

    Aos 80 anos, sucesso é não fazer xixi nas calças.

     

    O FILHO REVOLTADO

    De manhã, o pai bate na porta do quarto do filho e grita:

    — Acorda, meu filho! Acorda, que está na hora de você ir para o colégio.

    O filho responde sonolento:

    — Ah, pai… Hoje eu não vou ao colégio.

    — E não vou por três razões: primeiro, porque eu estou morto de sono; segundo, porque eu detesto aquele colégio; terceiro, porque eu não aguento mais aqueles moleques!

    E o pai respondeu lá de fora:

    — Você tem que ir por três razões: primeiro, porque você tem um dever a cumprir; segundo, porque você já tem 45 anos; terceiro, porque você é o diretor do colégio!

     

    LOJA DE SAPATO

    O Manuel foi, na segunda-feira, a uma loja de sapatos. Escolheu, escolheu e acabou se decidindo por um par de sapatos de cromo alemão.

    O vendedor entregou o sapato, mas foi logo advertindo-o:

    - Sr., estes sapatos costumam apertar os pés nos primeiros cinco dias.

    - Não tem problema! Eu só vou usá-los no domingo que vem.

     

    FALHA DE COMUNICAÇÃO

    Depois de uma briga, marido e mulher estão sem se falar. Comunicam-se, no entanto, através de bilhetinhos escritos à mão. Ele passa um bilhete a ela: “Tenho uma reunião importante amanhã.

    Acorde-me às sete horas da manhã.” No dia seguinte, quando ele acorda, já são onze horas. Ao seu lado está o seguinte bilhete: “sete horas, levanta, vagabundo!”

     

    .

    EMPREGO IMPORTANTE

    O sujeito vai visitar um amigo deputado e aproveita para lhe pedir um emprego para o filho que tinha acabado de completar o supletivo do primeiro grau.

    — Eu tenho uma vaga de assessor, só que o salário não é muito bom…

    — Quanto é, doutor?

    — Pouco mais que cinco mil reais!

    — Cinco mil? Mas é muito dinheiro para o garoto! Ele não vai saber o que fazer com tudo isso não, doutor! Não tem uma vaguinha mais modesta, aí?

    — Só se for para trabalhar na Assembleia. É meio período e eles estão pagando dois mil!

    — Ainda é muito, doutor! Isso vai acabar estragando o menino! O senhor não tem um emprego que pagasse uns mil reais?

    — Ter eu até tenho, mas aí é só para quem tem curso Superior…

     

    O ESNOBE

    Ao chegar a uma festa, numa limousine branca, o boçal encontra um amigo, cumprimenta-o e comenta para esnobar:

    — Tô mal de carro, não estou?

    Durante a festa, apresenta uma loira fenomenal para o amigo, como sendo sua namorada.

    — Tô mal de mulher, não estou? — goza mais uma vez o boçal.

    O amigo, já de saco cheio de tanta provocação, pergunta:

    — E aquela sua irmã, a Isadora, que dava pra todo mundo, que fim levou?

    — Ah! Ela converteu-se e entrou para um convento! — responde o boçal sem se alterar. — Agora é esposa de Jesus Cristo. Tô mal de cunhado, não estou?

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.