Última Edição
Nov/Dez 2019
 Nov/Dez 2019

Em Foco

Um baile de sonhos

  • Um baile de sonhos

    Para muitos adolescentes, comemorar os 15 anos é uma abertura para um mundo novo, de conquistas e desafios. E para celebrar essa data, o Promai - Programa Materno Infantil da Santa Casa de Passos realizou no dia 23 de novembro um baile de debutantes. Os meninos e meninas que comemoravam a data eram as crianças atendidas na época da fundação do projeto.

    Segundo a assistente social do Promai, Fabiana Nascimento Marques, o primeiro desafio para realizar o baile foi encontrar os adolescentes, já que muitos haviam mudado do endereço que constava nos registros do programa. Foi com grande esforço e dedicação da psicóloga Maria Cristina Maia e a ajuda dos veículos de comunicação, que a notícia do baile se espalhou e o projeto conseguiu reunir 15 meninas e 15 meninos nascidos entre 1998 e 1999. “Durante dois meses, eles ensaiaram a valsa e todos os preparativos dessa festa foram pensados para eles. Foi muito gratificante ver as amizades que se formaram entre eles”, acrescenta a assistente social.

    Para a estudante Karen Cristina Almeida, a festa foi maravilhosa e ela se sentiu muito importante de ser convidada a participar do evento. A festa também foi uma oportunidade para que ela voltasse a conversar com Rafaela Nogueira, já que as duas estavam brigadas há algum tempo. “Quando ligaram perguntando se eu queria participar foi uma emoção muito grande. A festa foi muito mais do que eu esperava.”

    Um baile de sonhos

    Novas amizades

    A mesma emoção sentiu Maria Eduarda Gonçalves Silva. “Fiquei sabendo do baile através da minha mãe, que trabalha na Santa Casa. Participei dos ensaios e achei muito fácil a dança”, relata. A jovem Rafaela Souza tocou ao violão a música “Conquistando o impossível”, acompanhando o jovem Matheus e viu no baile uma ótima oportunidade de conhecer novos amigos. “Foi muito bom, criamos novos laços. Levarei esse dia para toda vida.”

    “Vou guardar as amizades mesmo com todos morando longe. Achei que ia machucar o braço do meu acompanhante de tanto apertar de ansiedade na hora da apresentação”, disse Bianca Almeida Rosa.

    “Ninguém conhecia ninguém, fica a saudade e também a lembrança”, contou Rafaela Nogueira. Já Maria Eduarda Gonçalves Silva classificou a festa como uma experiência “diferente e emocionante”.

    Mariana Gonçalves Silva também considerou a festa um sucesso. “Gostei do evento, dos ensaios, fiz amizades. Foi uma experiência diferente. Depois que acabou o ensaio, ficou a saudade. Acho que o baile foi uma grande homenagem.” “Nunca pensei em fazer uma festa de 15 anos. Mas aconteceu e foi tão perfeito que eu não queria que a noite acabasse”, disse Tayná Vitória Galgane Menezes.

    Parte da equipe do Promai que dedica seu trabalho ao projeto.
    Parte da equipe do Promai que dedica seu trabalho ao projeto.

    Nova experiência

    E quem disse que baile de debutantes é uma festa só para meninas? No evento organizado pelo Promai, os meninos fizeram bonito e se sentiram felizes com a iniciativa do projeto. “Foi ótimo. Para homem não tem festa de 15 anos, então foi algo novo. Gostei muito, foi um momento único”, conta Otávio Barbosa Filho.

    A vontade de participar do baile foi tão grande que nem mesmo um machucado na perna afastou o jovem Luan Alcântara dos ensaios. “Me machuquei no segundo ensaio. Minha parceira de dança me ajudou bastante e saiu tudo bem. Posso falar que foi uma das melhores experiências que aconteceu na minha vida ”.

    Promai: a favor da vida

    O principal objetivo do Promai é oferecer um trabalho multidisciplinar em prol da saúde materno-infantil, desenvolvendo ações em conjunto com a rede de atendimento do SUS com o intuito de reduzir a mortalidade infantil e proporcionar melhores condições de vida para a mãe e o bebê. Atualmente o projeto trabalha com quatro módulos: Pré-Natal, Aleitamento Materno, Saúde da Criança e Saúde da Mulher.

    O foco do atendimento do Promai é em relação às gestações de alto risco e à gravidez de adolescentes. O programa desenvolve atividades socioeducativas e incentiva o aleitamento materno de acordo com as orientações do Programa Hospital Amigo da Criança.

    Outra frente de ação do Promai são as ações que buscam diminuir os efeitos psicossociais da internação materno-infantil, em especial a internação de longa permanência. Com uma assistência humanizada, o Promai estimula a educação continuada dos profissionais que atuam no programa e busca diariamente o envolvimento de toda a comunidade em seu projeto.

    Mayara Carvalho

    Em uma noite mágica e carregada de emoções, estes jovens comprovaram que sonhos podem sim tornar-se realidade!

    A seguir apresentamos as 15 meninas e os 15 meninos frutos do Promai que viveram esse grande sonho.

    Andressa Rodrigues Teixeira e José Augusto Lemos Nogueira
    Bianca Almeida Rosa e Vinícius Marques e Silva
    Brenda Ribeiro Araújo e Rafael Batista Ribeiro
    Gabriela Pereira Borges e Douglas Pereira Borges
    Karen Cristina Almeida e Vinícius de Oliveira Silva
    Kethellen Eusébio Rabelo e Fernando Pereira Machado
    Larissa dos Santos Martins e Otávio Barbosa Filho
    Letícia Santos Marinho e Marcos Paulo Oliveira Ribeiro
    Maria Eduarda Gonçalves Silva e Robson Jesus Lima
    Mariana Gonçalves Silva e Igor Vilela Araújo
    Milena Lauren Silva e Gustavo Henrique de Oliveira
    Rafaela Romualdo de Souza e Denison Luiz Ferreira Junior
    Rafaela Aparecida Nogueira e Vitor Hugo Barroso Batista
    Thayla Gabriela Domingos Morais e Maicon César Amorim de Aquino
    Tayná Vitória Galgane Menezes e LuanA lcântara Castro

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.