Última Edição
Nov/Dez 2019
 Nov/Dez 2019

Mulher

O legado de JESUS

  • Como este mês celebramos o “Corpus Christi”, resolvi fazer uma reflexão sobre o grande legado que Ele nos deixou e que até hoje, dois mil anos depois, nos orienta, conforta e propõe soluções práticas para problemas individuais e coletivos. Amor, paz, caridade, fraternidade, humildade, solidariedade, perdão... são algumas das virtudes que ele viveu e pregou.

    O carpinteiro de origem humilde foi um grande filósofo, psicólogo, professor, diplomata, guia espiritual... seus ensinamentos foram registrados por seus discípulos na bíblia e alguns episódios nos ajudam a trazer para o nosso cotidiano atual as lições de Jesus, são feitos, parábolas, frases, exemplos... que nos ensinam a arte do bom viver e contribuem para tornar o mundo mais justo e humano. Poderia citar dezenas de passagens da bíblia que me norteiam, como não tenho espaço para isso vou citar só as principais que são:

    “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (João). Jesus ensinava que é dando que se recebe e perdoando que se é perdoado, ou seja, nossos erros podem ser reparados a partir do que damos aos outros e não do que recebemos deles.

    “Deixem que os mortos enterrem seus mortos” (Lucas). Temos que superar e abandonar o passado. É melhor seguir conscientemente o presente do que carregar inconscientemente o passado.

    “Olhai os lírios do campo, eles não semeiam, não colhem, e nem ajuntam em celeiros e, no entanto nosso Pai celeste os alimenta”. Temos que viver o presente, ter fé ao invés de preocupar em acumular bens materiais. Não devemos criar falsas necessidades, que consomem tempo e que nos obrigam a antecipar o futuro e nos impedem de viver o aqui agora.

    “Os homens humildes são mais afortunados” (Mateus). As pessoas humildes são flexíveis já os arrogantes por se sentirem donos da verdade sofrem mais, pois muitas das vezes podem estar errados e confundir sinceridade com “sua verdade”.

    “Não condeneis e não sereis condenados” (Lucas). O medo do diferente, do desconhecido é a base da intolerância. Quando nos sentimos inseguros, ameaçados... condenamos o que não compreendemos. Porém ao julgar os outros nós nos condenamos.

    “Deus não mandou seu filho ao mundo para condená-lo” (João). Deus não queria que as pessoas por ignorância praticassem o mal, então mandou seu filho para nos ensinar a virtude, a prática do bem e a felicidade.

    “Se alguém te ferir na face direita, oferece a esquerda” (Mateus). Jesus preferiu uma vida curta, humilde, ativa a uma vida longa, de medo, ódio e passividade. Dar a outra face não significa se humilhar e sim ser digno, enfrentar as situações de frente, com amor no coração, pois ele é mais forte que o ódio.

    “Amai os vossos inimigos” (Lucas). Jesus pregava o amor verdadeiro, compreensivo, incondicional... Temos que nos reconciliar com os nossos ex-amigos.

    “Quem tem ouvidos ouça” (Mateus). Feliz “Corpus Christi” o legado de Jesus está disponível para todos nós, para acessá-lo basta estar disposto a ouvir, aprender, mudar, ter coragem de crescer e amadurecer espiritualmente.

    por Gizele Rabelo

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.