Última Edição
Janeiro/Março 2020
Janeiro/Março 2020

Eleições 2014

Respostas do candidato a Deputado Estadual Tuta

  • Tuta

     

    Foco – Quais as vantagens das cidades que têm deputado em relação às que não possuem um representante no legislativo?

    Tuta – As cidades que têm deputados, desde que sejam atuantes, como eu pretendo ser, carreiam mais recursos para toda a população, enquanto as que não possuem representação parlamentar ficam com as sobras daquelas que têm esta representação.

    Foco – O que pode ser feito para que Passos receba mais apoio e investimentos do governo do estado, considerando-se que a cidade é classificada pelo próprio governo como cidade polo?

    Tuta – Precisamos trabalhar pelo credenciamento do hospital do Coração da Santa Casa de Passos para que possam ser realizadas cirurgias cardíacas pelo SUS; ampliação do Hospital do Câncer; aumento de vagas para internação na Santa Casa; implantação da Faculdade de Medicina; concretização da estadualização da Fesp; fomento ao turismo regional, além de investir nas nossas indústrias moveleiras, de confecção, entre outras e atrair novos investimentos para a região.

    Foco – O que pode ser feito na Assembleia Legislativa para resolver o problema das antigas reivindicações dos professores estaduais em relação à cargos e salários, como também pela falta de segurança nas escolas?

    Tuta – Eu vou abrir diálogo com a categoria. Quero caminhar ouvindo as pessoas e seus representantes classistas. Entendo que a educação é o principal pilar do desenvolvimento de um povo e só quando o professor for valorizado na medida de seu merecimento é que teremos um país digno. Por essa razão, estarei sempre atendendo aos educadores e defendendo seus interesses. Países que investiram em educação, hoje são grandes potências mundiais.

    Foco – O agronegócio e a agricultura familiar ainda são os pilares da economia de boa parte das cidades da região. O que pode ser feito para fortalecer esse segmento da cadeia produtiva local?

    Tuta – Primeiramente aumentar a produção com financiamentos do Governo, e também segurar os prejuízos ocasionados pelas adversidades climáticas. Facilitar a implantação dos selos SIM, IMA e SIF para conseguirmos comercializar nossos produtos em todo o país. Além disso, vamos trabalhar para atrair indústrias que agreguem valor nas nossas matérias-primas, como o que propõe a Câmara de Comércio de Indústria Brasil China para montarmos em Passos uma fábrica de leite em pó.

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.