Última Edição
Nov/Dez 2019
 Nov/Dez 2019

Humor

Humor - ed. 123 - Julho/2015

  • Piada de casal

    Thomas Wheeler, alto executivo de uma multinacional, viajava com sua mulher por uma estrada interestadual quando notou que o carro estava com pouca gasolina. Ele parou num posto muito simples, com apenas uma bomba de combustível. Pediu ao único atendente que enchesse o tanque e verificasse o óleo enquanto ele dava uma volta para esticar as pernas. Voltando ao carro, percebeu que o frentista e sua mulher estavam num papo animado. A conversa parou enquanto Wheeler pagava pela gasolina. Mas, ao retornar ao carro, ele viu o rapaz acenar e dizer:

    - Foi ótimo falar com você! Ao sair do posto o marido perguntou à mulher se ela conhecia o atendente. Imediatamente ela admitiu que sim. Tinham frequentado a mesma escola e ela o namorara por cerca de um ano.

    - Puxa, você teve sorte de eu ter aparecido - Wheeler se vangloriou.

    - Se tivesse casado com ele, seria agora a esposa de um frentista do posto de gasolina em vez de ser esposa de um alto executivo.

    - Meu querido - respondeu a mulher, se eu tivesse me casado com ele, ele seria o alto executivo e você, o frentista do posto de gasolina.

    Piada de sogra

    O guarda manda o sujeito parar o carro.

    - Seus documentos, por favor. O senhor estava a 130 km/h e a velocidade máxima nesta estrada é 100.

    - Não, seu guarda, eu estava a 100, com certeza. A sogra dele corrige:

    - Ah, Chico, que é isso! Você estava a 130 ou mais! O sujeito olha para a sogra com o rosto fervendo.

    - E sua lanterna direita não está funcionando...

    - Minha lanterna? Nem sabia disso. Deve ter pifado na estrada... A sogra insiste:

    - Ah, Chico, que mentira! Você vem falando há semanas que precisa consertar a lanterna! O sujeito está fulo e faz sinal à sogra para fi car quieta.

    - E o senhor está sem o cinto de segurança.

    - Mas eu estava com ele. Eu só tirei para pegar os documentos!

    - Ah, Chico, deixa disso! Você nunca usa o cinto! O sujeito não se contém e grita para a sogra:

    - CALA ESSA BOCA! O guarda se inclina e pergunta à senhora: - Ele sempre grita assim com a senhora? Ela responde: 

    - Não, seu guarda. Só quando ele bebe.

    Lugar vazio

    Um sujeito estava sentado na primeira fila de um daqueles espetáculos majestosos e caríssimos da Broadway onde, normalmente, os ingressos são vendidos com vários meses de antecedência, quando um rapaz ao ver uma poltrona vazia entre eles, comenta:

    - Que coisa esquisita! Um lugar desse vazio?! Você pode acreditar que alguém paga uma fortuna por um lugar desses e não aparece no espetáculo? O homem responde:

    - Na realidade, esse lugar era da minha mulher, mas ela faleceu!

    - Oh, meus pêsames - desculpa-se o vizinho. - Mas o senhor não poderia ter dado o ingresso para um amigo ou um parente?

    - Infelizmente não! Estão todos no enterro!

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.