Última Edição
Nov/Dez 2019
 Nov/Dez 2019

Esporte e Saúde

JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016 - ed. 64 - agosto/2010

  • Marcelo Campos Machado
  • .

    Este é,sem dúvida, o maior evento esportivo do planeta, os Jogos Olímpicos, e pela primeira vez, o Rio de Janeiro será sede em 2016.

    Daqui há 23 meses serão os Jogos Olímpicos de Londres – Londres 2012 – e mais de 70% das obras estão em fase de acabamento, mais precisamente, todos os locais de competição estarão prontos até o verão de 2011.

    No mês passado, o presidente Lula assinou uma medida provisória para facilitar o financiamento de obras dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Este documento faz parte da matriz de responsabilidades definidas para a preparação dos Jogos. Ao analisarmos o investimento público nestas obras, não sabemos quem estará a frente do governo federal, estadual e municipal, visto que, até as Olimpíadas todos os gestores públicos já concluíram seus mandatos.

    Além da infraestrutura, todos os mega eventos esportivos são obrigados a deixar um legado, após a sua realização. Nada percebemos após a realização dos Jogos Pan americanos, Rio 2007, até agora nada está sendo investido na formação dos futuros atletas, na qualificação dos profissionais de educação física. Nenhum grande investimento está sendo realizado nas confederações esportivas, exceto as confederações de voleibol, futebol, basquete, ginástica rítmica, atletismo e natação.

    Com tudo isto, temo que após a realização de mais um grande evento, as Olimpíadas Rio 2016, continuaremos sendo um país subdesenvolvido no esporte, com a participação de atletas olímpicos custeados com recursos próprios, na condição de somente disputar estes Jogos, pois ainda nos falta uma política esportiva.

    .

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.