Última Edição
Janeiro/Março 2020
Janeiro/Março 2020

Em Foco

A voz de Thaisa Reis

  • Ela é natural de Passos, mas está radicada em São Paulo para realizar o seu sonho que é cantar. A filha de Antônio de Pádua Reis, o Padinha, e de Aparecida Célia Leite Reis, a Célia, começou cedo a cantar. Aos quatro anos os pais já incentivavam a pequena Thaisa. Hoje, aos 24 anos, ela integra a Banda do programa do Ratinho, no SBT, e divulga o seu primeiro CD que reúne vários estilos entre o sertanejo e a MPB. Recentemente esteve em Passos participando de show em prol do Hospital Regional do Câncer. Com muitos projetos para 2011, ela investe na carreira profissional. Confira abaixo a trajetória da Thaisa Reis, um dos jovens talentos de Passos.

    Thaisa Reis: “Cantar é uma realização pessoal, me acalma. O ano de 2010 foi maravilhoso e estão surgindo novos projetos, 2011 promete.”
    Thaisa Reis: “Cantar é uma realização pessoal, me acalma. O ano de 2010 foi maravilhoso e estão surgindo novos projetos, 2011 promete.”

    Foco- Quando você descobriu o seu talento musical?

    TR- Ainda muito pequena, aos quatro anos meus pais perceberam o meu dom para a música. Eles me levaram ao Programa de Auditório da Rádio Independência, do saudoso amigo Vivaldo Piotto e no Programa do querido Sebastião Almeida, da Rádio Passos. Logo depois, o Edinho Santa Cruz sugeriu ao meu pai que eu estudasse algum instrumento. Ele me deu um acordeom (que tenho até hoje e de vez em quando arrisco a tocar) e me matriculou com a maravilhosa professora Terezinha Terra. Depois surgiram muitos convites para shows na região. Também tive o prazer de ser acompanhada pelos músicos Ramir, Edinho Santa Cruz, Tacilinho e Marley.

    Foco- Na sua família você é a única cantora ou outras pessoas também tem esse dom?

    TR- Temos outros cantores, não profissionais. Tem os que cantam e os que batem palmas e quando nos reunimos a maioria solta a voz. Meu pai, o Padinha, fez uma participação no meu CD e, também, o meu tio Camilinho. Meus avós, minha mãe e meus irmãos também cantam.

    Thaisa Reis com o apresentador de TV Ratinho.
    Thaisa Reis com o apresentador de TV Ratinho.

    Foco- Em Passos como era a sua participação nas atividades culturais, fazia shows e apresentações?

    TR- Na escola participei do coral e das gincanas que o Colégio Imaculada Conceição (CIC) promovia. Também me apresentei em casamentos, cantava na igreja. Enfim, esse primeiro contato com amiguinhos da escola me ouvindo cantar e, depois, o contato com o público mais crítico, contribuiu muito para o meu amadurecimento na música. Hoje vejo o quanto essas experiências são essenciais na formação da carreira de um artista.

    Foco- Como você chegou até o Programa do Ratinho e como é o seu reconhecimento após a aparição na TV?

    TR- O Ratinho já conhecia o meu trabalho e sugeriu que eu regravasse a música “Cilada”, durante a escolha de repertório do meu CD. Ele ouviu e gostou muito. A partir daí me convidou para integrar à Banda do Programa do Ratinho. Hoje com o CD e o trabalho em rede nacional, a minha popularidade aumentou bastante. Fico contente com os elogios. Recebo muito retorno de pessoas que acompanham o meu trabalho pela TV. Acho interessante o público associar a Thaisa Reis do CD com a imagem da Thaisa Reis do SBT.

    Thaisa com a banda no programa do Ratinho no SBT.
    Thaisa com a banda no programa do Ratinho no SBT.

    Foco – Quais são os seus projetos para 2011?

    TR- Continuar no SBT e na divulgação do meu trabalho através de shows, rádios, eventos. Cantar é uma realização pessoal, me acalma. O ano de 2010 foi maravilhoso e estão surgindo novos projetos, 2011 promete.

    Foco- Como é o seu aperfeiçoamento na arte de cantar?

    TR- É diário. Todos os dias eu uso o dom que Deus me deu. A prática é a melhor maneira para o aperfeiçoamento.

    Foco- Qual o seu estilo musical preferido?

    TR- Sou eclética, mas admiro muito o sertanejo de raiz. São canções de belas letras e sentimentos.

    Foco – Quais são os seus ídolos na música?

    TR- Elis Regina e Chitãozinho e Xororó.

    Foco- Qual a sua relação com Passos?

    TR- Sempre que posso visito Passos. Tenho aqui minha família, namorado, amigos. Recebo também muitos convites para participar dos eventos culturais da cidade. Procuro conciliar meu trabalho em São Paulo para estar em Passos. Tenho muito orgulho de ser passense e agradeço a todos de minha cidade que torcem pelo meu trabalho.

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.