Última Edição
Nov/Dez 2019
 Nov/Dez 2019

Saúde

Cidade da Saúde e do Saber - Colômbia compartilha experiência de empreendimento com a Santa Casa de Passos

  • Antonella Farah Louis
  • O projeto da Cidade da Saúde e do Saber, da Santa Casa de Misericórdia de Passos, ganhou um reforço internacional em setembro. Num evento aberto ao público na Câmara Municipal de Passos, a economista colombiana Antonella Farah Louis apresentou um novo conceito de cidade projetada e planejada para a capital Cartagena que possui semelhanças ao empreendimento passense. Durante a apresentação, representantes da Santa Casa falaram sobre o andamento do projeto que integra unidades de saúde, ensino, moradia, comércio, serviços e lazer.

    Serena del Mar.
    Serena del Mar.

     

     

     

    Economista colombiana Antonella Farah Louis.
    Economista colombiana Antonella Farah Louis.

     

    A visita de Antonella Louis ocorreu em 16 de setembro. Ela esteve primeiro na Santa Casa, onde ela falou sobre a cidade planejada Serena del Mar e conheceu o projeto da Cidade da Saúde e do Saber. À noite, a visitante fez palestra na Câmara para uma plateia que reunia diretores e funcionários da Santa Casa, o provedor Vivaldo Soares Neto, médicos, educadores, empreendedores, o prefeito Renatinho Ourives e outros interessados no projeto passense.
    Segundo o diretor executivo da Santa Casa, Daniel Porto Soares, a Cidade da Saúde e do Saber, embora esteja sendo realizada em Passos, é destinada a toda a região, envolvendo os três setores da economia: saúde, educação e turismo, “com geração de qualidade de vida para todos nós, com duas âncoras, que são a educação e a saúde”, disse.
    Antonella Louis explicou que Serena del Mar é a concretização de um sonho de 50 anos de um missionário, Carlos Haime, que desejava transformar sua propriedade de mil hectares de terras em frente ao Mar do Caribe em uma cidade planejada, integrando moradias com estruturas de comércio, saúde, lazer e natureza.
    O projeto, porém, permaneceu um sonho durante várias décadas porque não obteve a confiança de investidores locais devido à distância de 12 quilômetros em relação ao centro histórico de Cartagena.
    Somente no início dos anos 2000 é que Serena del Mar recebeu o apoio que viabilizaria sua execução (iniciada em 2006). Essa confiança veio de líderes mundiais em urbanismo e paisagismo que passaram a investir no projeto.
     

    Diretor executivo da Santa Casa de Passos, Daniel Porto Soares.
    Diretor executivo da Santa Casa de Passos, Daniel Porto Soares.

     

    SEMELHANÇAS

    A Cidade da Saúde e do Saber tem semelhanças com Serena del Mar tanto no conceito quanto na forma de financiamento da obra, por isso, a diretoria da Santa Casa trouxe a economista colombiana para falar da experiência de envolvimento da comunidade num projeto de tamanha grandeza.
    “Passos, com esse projeto tão maravilhoso, pode aproveitar a experiência de Serena del Mar porque tem alguns pilares similares. Tem a ação, o planejamento, a intuição das pessoas... Tem um projeto maravilhoso, em que a saúde e a educação se unem para o bem-estar de toda a comunidade”, disse Antonella Louis.
    “Hoje nós tivemos uma experiência muito intensa, uma troca de experiência entre os dois projetos, ‘Serena del Mar’ e ‘Cidade da Saúde e do Saber’. O que ficou para nós como essencial?  A determinação e a busca pelo sonho. Ambos os projetos nasceram de um sonho e a realização tem parte dessa determinação, dessa atitude e do apoio de toda nossa comunidade”, salienta Daniel Porto Soares.

    COMITIVA

    Antonella Louis esteve em Passos acompanhada de uma comitiva de apoiadores do projeto da Cidade da Saúde e do Saber, os arquitetos Klaus Peters e Eduardo Mandolfo, responsáveis pelas obras de adequação da Marina da Glória para as Olimpíadas do Rio de Janeiro, e o amigo deles Carlos Coachman, um renomado dentista de São Paulo, pioneiro na odontologia biológica no Brasil.

    Para Klaus Peters, além de similares em seus conceitos, os dois projetos são “apaixonantes”. “Hoje nós vimos a possibilidade de relacionamento das duas cidades, nomeando Antonella como embaixadora de Passos em Cartagena, o que possibilita um intercâmbio muito maior e oficial”, disse.

     

    O arquiteto Ivan Vasconcelos, autor do projeto.
    O arquiteto Ivan Vasconcelos, autor do projeto.

     

    INÍCIO DA OBRA DA CIDADE DA SAÚDE E DO SABER

    A Cidade da Saúde e do Saber é um conceito urbanístico e paisagístico que integra unidades da Santa Casa de Misericórdia de Passos, como o Hospital Regional do Câncer (HRC), e estruturas para ensino, moradia, comércio e outros integrados à natureza. O empreendimento será construído numa área de 140 mil metros quadrados na região sul de Passos, nas proximidades da AABB (Associação Atlética do Banco do Brasil).
    No evento com a colombiana Antonella Louis, o autor do projeto, arquiteto Ivan Vasconcelos, explicou o conceito do empreendimento da Santa Casa e falou sobre os preparativos para o início da obra, como a contratação de serviços de terraplenagem e projetos executivos de infraestrutura de energia e água. “São edificações integradas à natureza, que trazem benefícios para as pessoas, incorporam instrumentos de sustentabilidade e edifícios inteligentes que promovem a saúde”, disse.
    Conforme Ivan Vasconcelos, o projeto da Cidade da Saúde e do Saber foi concebido a partir de um plano diretor que inclui uma praça central, áreas comercial, residencial, instalações de suporte e atendimento em saúde, instalações de suporte clínico (almoxarifado, lavanderia), centro de convenções e eventos, área de suporte urbano e estacionamento (praça de mobilidade urbana) para 600 veículos.
    Em outubro, o diretor da Santa Casa, Daniel Porto, informou que todos os projetos já haviam sido concluídos (restando apenas o projeto elétrico). Antes da terraplenagem, será feita a análise do solo (previsto para o começo de dezembro) e, a partir daí, estará liberado o início da obra. “E nesse meio tempo, nós estamos fazendo levantamento de custos de execução do projeto e também uma estratégia de captação de recursos para essa etapa”, disse.
     

    Enio Modesto

     

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.