Última Edição
Nov/Dez 2019
 Nov/Dez 2019

Esporte e Saúde

Dores do dia a dia

  • Marcelo Campos Machado
  • Todo dia fazemos as mesmas atividades. Se trabalhamos num escritório passamos a maior parte do dia sentados defronte ao computador; se somos profi ssionais liberais, tais como dentistas, médicos, advogados, usamos sempre o mesmo lado do corpo, ora direito, ora esquerdo, para trabalhar; se trabalhamos em casa, trabalho doméstico, também usamos o mesmo lado do corpo para limpar, passar, cozinhar, no fim do dia, ou melhor, no fim de mais uma jornada de trabalho ela chega - a dor.

    É dor nas costas, dor no ombro, g dor nos braços, dor nas pernas, dor na nuca, ela nunca desiste, vem todo dia, no mesmo local. Num primeiro instante tentamos suportá-la, mas depois de alguns dias entramos nos remédios de alívio, e no dia seguinte, a dor volta, parece que faz parte da vida conviver com dor.

    Está tudo errado, a dor é um sinal emitido pelo corpo que algo que foi feito, foi executado de maneira incorreta, tem que ser mudado ou ser feito de maneira correta.

    Quando trabalhamos na mesma posição, utilizamos os mesmos grupos musculares para exercer a atividade, isto sobrecarrega esta musculatura, portanto, deve-se sempre alternar o lado do corpo para qualquer tarefa diária.

    Antes da jornada de trabalho faz-se necessário um alongamento naqueles grupos musculares que irão ser exigidos, você despenderá de 10 a 15 min. É um tempo muig q g p q to necessário, pois o alongamento estimula a musculatura que irá ser trabalhada, prepara estes grupos musculares a praticar tal atividade. Trabalhe com uma boa postura, a coluna cervical deve estar sempre reta. Se trabalhar sentado, faça um ângulo de 90º (ângulo reto) entre o pé, a panturrilha e a coxa, o braço em cima da mesa deverá também ter este mesmo ângulo com o antebraço, na altura do cotovelo, a tela do computador deverá estar na altura dos seus olhos, para não ficar com a cabeça inclinada para baixo. Se faz trabalho doméstico, utilize sempre os dois lados corpo, para varrer ou passar roupa, o tronco deverá estar sempre reto, aumente o cabo da vassoura, levante a altura do lugar de passar roupa. Se é dentista, a cada duas horas faça um alongamento naqueles grupos musculares que está trabalhando. Se é advogado ou outro profissional liberal que anda sempre com uma bolsa pesada no mesmo lado do corpo, comece a mudar o lado ou coloque a bolsa transversal ao corpo para equilibrar melhor o peso na coluna. Para carregar criança ao colo, alterne sempre os braços.

    Converse com um professor de educação física a respeito de quais exercícios de alongamento são necessários para seu tipo de atividade. Suas dores diminuirão com o passar do tempo e com certeza não conviverá mais com ela, e novamente seu corpo agradece o tempo dispensado à ele.

    .

     

    Marcelo Campos Machado
    Professor de Educação Física - CREF 0527
    e-mail: [email protected]oo.com.br

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.