Última Edição
Nov/Dez 2019
 Nov/Dez 2019

Mulher

Pra que server a Filosofia?

  • A palavra filosofia vem do grego. “Philos” significa amizade, amor....e “Sophia” significa sabedoria. Ou seja filosofia é a busca amorosa pela verdade, pelo conhecimento ou de outra forma é a amizade ao aprendizado, à sabedoria. Nessa busca vamos nos aprimorando como pessoa, nos tornando mais sábios e consequentemente melhores. Para alguns, filosofia é sinônimo de alienação, muito pelo contrário é sinônimo de engajamento com a vida, com o planeta e principalmente consigo próprio.

    Há 2 mil anos a tradição filosófica tem insistido na máxima que uma vida não analisada não merece ser vivida. Daí a importância de nos auto questionarmos. A filosofia questiona e desvenda tudo que é imposto pelo costume, seja por convenções, dogmas, senso comum, tradição... Quanto mais estudamos, mais descobrimos áreas de interesse para serem exploradas e percebemos, humildemente, o quão pouco sabemos. Quanto mais nos questionamos mais percebemos que não sabemos o que imaginávamos saber. Daí a máxima de Sócrates: “Só sei que nada sei”. O aprendizado, consciente, nos tira da nossa zona de conforto, da nossa pequenez intelectual e nos oferece novas ideias, novas possibilidades, novas realidades...

    No mundo atual as coisas valem segundo a sua utilidade, daí ser oportuno lembrar da importância da filosofia. Para os amantes da filosofia ela “serve” para o mesmo que as ciências, as artes e as religiões: “servem para compreender melhor o mundo, os outros e nós mesmos.” Para Nietzsche “é uma forma libertária do ser, superando os calabouços dos valores até então construídos.” Para Shopenhauer, “é uma forma de superação da dor e do sofrimento da existência.” Para Marx a filosofia deveria transformar o mundo trazendo justiça e igualdade para todos. Para Platão “ é um saber verdadeiro para ser utilizado em benefício dos seres humanos.” Para Epicuro (a defi nição que mais gosto): “A filosofia é uma atividade que por discurso e raciocínio nos proporciona uma vida feliz.”

    A filosofia pouco pode contra a infelicidade, mas pode muito para a felicidade. Nossa exigência como ser humano não é viver somente, mas ser feliz. Precisamos pois filosofar, nos questionar e compreender nossos pensamentos. Segundo Sponville, “A filosofia não transforma o mundo, mas pode mudar a vida. Porque a vida está inteira no campo do discurso e do imaginário, porque não há problema que não seja de pensamento, nem angústia que não tenha um fundo imaginário”.

    A filosofia não nos impede de sofrer, aliás, isto faz parte da vida, mas pode nos ensinar a buscar e escolher, conscientemente, a felicidade. Para Sponville “a felicidade não é uma coisa, é um pensamento, não é um fato, é uma invenção, não é um estado é uma ação”. Assim sendo se a felicidade não existe, “ em estado bruto” , temos que conquistá-la, descobrir de fato o que nos faz feliz.

    Estudo e adoro vários filósofos, pouco me importo que eles divirjam em alguns pontos, o que me interessa é que eles juntos nos ajudam a pensar e já é hora de abandonarmos as amarras, os estigmas ultrapassados e partir rumo ao único território onde podemos gozar de liberdade plena: O Pensamento. E como disse Pascal: “Trabalhemos, pois em bem pensar.” E é justamente para isso que a filosofia “serve”, para nos ensinar a pensar, e já que é necessário viver e pensar antes bem do que mal.

    Li em algum lugar...”as asas que eu conheço são os pensamentos”. Filosofar é minha grande viagem; a sabedoria, o céu que aspiro. Procuro voar alto, porque esta viagem, felizmente, não tem fim.

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.