Última Edição
Nov/Dez 2019
 Nov/Dez 2019

Esporte e Saúde

Insatisfação Masculina

  • Marcelo Campos Machado
  • Uns dizem “o mundo está evoluindo”, outros, “o mundo está acabando”, mas o fato é que uma pesquisa identifi cou que os homens se sentem insatisfeitos com relação ao próprio corpo e que conversam sobre o assunto com os amigos.

    Quatro entre cinco homens participantes de uma pesquisa online na Grã-Bretanha se dizem insatisfeitos com seu corpo, em especial com a “barriga de cerveja” e a falta de músculos. Muitos deles trocam percepções sobre seu corpo com outras pessoas - comportamento tradicionalmente atribuído a mulheres.

    O Centro de Pesquisas sobre Aparência, da Universidade West of England, entrevistou 384 homens com uma média de 40 anos e descobriu que 35% deles trocariam um ano de sua vida para obter uma forma física e peso ideais. As conversas masculinas são ainda mais focadas no tema do que as femininas: 80,7% homens participantes do estudo disseram que falam sobre a aparência uns dos outros de modo a chamar a atenção para itens como peso, falta de cabelo ou forma física.

    No caso das mulheres, essa porcentagem foi de 75%. “Essas conversas sobre o corpo reforçam ideais de beleza não realísticos de magreza e musculatura”, opina Phillipa Diedrichs, autora do estudo. “Isso é tradicionalmente visto como um tema que afeta mulheres, mas a pesquisa mostra que também os homens estão se sentindo pressionados a se encaixarem em padrões.”

    Os músculos são o principal tema de preocupação entre os homens pesquisados: 60% dizem que seus braços, peitorais e estômagos não são suficientemente musculosos, por isso, um em cada cinco entrevistados afirmou fazer dietas ricas em proteínas, e cerca de 30% relataram usar suplementos protéicos.

    Se uns anos atrás estas preocupações eram de exclusividade feminina, hoje, todos se preocupam principalmente com a aparência, porém, todos, homens e mulheres, devem se preocupar com a saúde, com a constância da prática da atividade física. Já estamos em fevereiro, comece agora a exercitar, seu corpo agradece.

     

    .

     

    Marcelo Campos Machado
    Professor de Educação Física - CREF 0527

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.