Última Edição
Janeiro/Março 2020
Janeiro/Março 2020

Comunidade

Fim de ano: Época de fogos de artifício e cuidados

  • Para Mauricio Esper e Gisele Zaghi Esper, proprietários da loja “Michel Fogos de Artifício e Shows Pirotécnicos”, alguns cuidados são indispensáveis para aqueles que pretendem comemorar as festas de fi m de ano soltando fogos de artifício.

    “É importante comprar em locais autorizados e nunca utilizar materiais de fabricação caseira, pois não tendo procedência, torna-se um produto sem qualidade, sem validade, sem autorização do Exército Brasileiro, sem código do Inmetro, fi cando portanto inviável de ser utilizado ” afi rmam.

    Os proprietários da loja, que é especializada no ramo de fogos de artifício e atua no mercado passense há mais de cinquenta anos, também fazem outros alertas, como a importância de soltar os rojões conectados um a um ou com base de lançamento, mantendo um intervalo de 60 cm da mão. Eles também alertam para a necessidade de se evitar soltar rojões perto de fios elétricos, galhos de árvore, marquises, substâncias inflamáveis e principalmente, sempre verificar o estado do artifício, visto que, se ele estiver danifi cado pode causar sérios riscos.

    “Uma dica que eu sempre dou aos meus clientes é que redobrem os cuidados quando há o consumo de bebida alcoólica, buscando sempre delegar a execução para alguém que esteja em melhores condições, pautando sempre pela responsabilidade a fim de não estragar a festa. Além disso, a pessoa nunca deve tentar reacender fogos que falharem, muito menos desmontar artifícios,” observa Gisele.

    “Quando os produtos estão adequados aos critérios estabelecidos pelo Exército Brasileiro e são usados de forma adequada, seguindo as instruções do fabricante impresso nas embalagens, não precisa ter receio, é diversão garantida,” salienta.

    Classes de fogos

    Os fogos de artifício têm diferentes tipos, e são classificados por Classes, levando em conta a quantidade de pólvora existente em cada um deles, classifica-se a faixa etária. Segundo Mauricio e Gisele as classes A e B podem ser utilizadas por crianças acima de 12 anos, e são eles: “ Estalos de Salão; Traques Palitos; Chuva de Prata entre outros”.

    Já os fogos de classe C e D só podem ser utilizados e vendidos para pessoas acima de 18 anos, são: “Bombas de Solo; Foguetes; Baterias; Morteiros.

    “Os fogos de artifício sempre trazem alegria e um brilho especial, tanto para essa época do ano como para outros eventos e datas comemorativas, porém é extremamente importante que esses cuidados sejam tomados, principalmente que seja avaliada a procedência dos lugares onde são comprados”, explica Gisele.

    Dicas e dados importantes

    • De 2008 até abril de 2011, 1.382 pessoas em todo o Brasil foram internadas para tratamento de queimaduras provocadas por fogos de artifício, segundo dados do Ministério da Saúde.

    • Entre 1996 e 2009, foram registradas em todo o país 122 mortes em decorrência de acidentes com fogos de artifício. Do total, 48 mortes (39%) ocorreram na Região Nordeste. Em seguida, vêm o Sudeste, com 41 mortes (34%), e o Sul, com 21 (17%). O Centro-Oeste e o Norte registraram juntos 12 mortes, que representam 10% das ocorrências.

    • Para evitar os riscos, é preciso observar algumas medidas de segurança como verificar as instruções do fabricante, não segurar os fogos de artifício com as mãos e conferir o certificado de garantia do produto.

    • Nunca use materiais de fabricação caseira.

    • Não consumir bebida alcoólica ao manusear fogos, não deixar crianças usarem esses produtos e não soltar os rojões perto do rosto.

    • Em caso de acidentes, se a queimadura for leve, quando a pele fica avermelhada ou com bolhas, deve-se lavar com água corrente, proteger com uma toalha limpa e procurar o médico o mais rápido possível.

    • Jamais carregue bombas no bolso, pois elas podem acender somente com atrito.

    • Não solte fogos em canos, caixas de esgoto e recipientes de vidro ou ferro.

    • Para quem for realizar Shows Pirotécnicos é recomendável contratar profi ssionais especializados e credenciados.

    Renato Rodrigues Delfraro

    Fogos de Artifícios
    Fogos de Artifícios

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.