Última Edição
Nov/Dez 2019
 Nov/Dez 2019

Da Redação

Mulher Moderna

  • É fato que o homem das novas gerações é mais participativo no cotidiano familiar. Dá mais atenção aos filhos, se interessa mais nas escolhas e compras relativas à decoração e móveis para a casa, bem como seus cuidados. Encontramos homens menos e mais participativos.

    Mesmo assim, o acúmulo de funções da mulher ainda torna pesada sua grande jornada diária. Por exemplo, se um filho está com febre, na maioria das situações, o pai não leva essa preocupação para o trabalho porque na cabeça dele, a obrigação de solucionar o problema é da mãe. O peso ainda continua sendo maior para a mulher. Na verdade, a grande quantidade de afazeres a faz desejar que o dia tenha pelo menos 30 horas para dar tempo de cumprir sua listinha de tarefas e ainda sobrar tempo para cuidar de si.

    Essa doação constante da mulher a faz sentir que parece estar vivendo sempre para os outros e nunca para si. É que a lista de obrigações tomam muito do seu tempo.

    A mulher tem que ficar atenta em fazer coisas que lhe dêem prazer, em seus gostos, em suas preferências. Ela tem que se dar o direito de comer um prato que gosta, dedicar um tempo para fazer algo que curte. Na verdade, isso tudo, todas nós já sabemos... o difícil é conseguir colocar em prática!!!! Espero que a leitura dessa edição possa lhe ser útil para alguma mudança de atitude... Aproveite ao máximo!!!

    Fabíola Pimenta Coelho de Castro
    Diretora da Redação e Edição

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.