Última Edição
Nov/Dez 2019
 Nov/Dez 2019

Esporte e Saúde

Futsal feminino: As meninas de ouro

  • Marcelo Campos Machado
  • O Técnico Vicente de Paula Campeiz e as atletas Ana Clara, Marina Lemos, Susan Gomes, Liza Gomes, Lais Stefani, Nayara Rodrigues, Gabriela Saltarelli, Brenda Cardoso, Luiza Aguilar, Carolina Martins e Karolaine Eduarda.

    O Técnico Vicente de Paula Campeiz e as atletas Ana Clara, Marina Lemos, Susan Gomes, Liza Gomes, Lais Stefani, Nayara Rodrigues, Gabriela Saltarelli, Brenda Cardoso, Luiza Aguilar, Carolina Martins e Karolaine Eduarda.

    Neste mês de abril, as meninas da Escola Estadual Dulce Ferreira de Souza, o Polivalente, disputaram na Croácia, na cidade de Porec, o Campeonato Mundial de FUTSAL ESCOLAR 2016.
    E a FOCO faz um registro histórico.

    A equipe de futsal feminina do Polivalente foi campeã brasileira escolar em outubro de 2015 em Guarapari (ES) e conquistou a vaga para disputar o mundial. O Professor de Educação Física Vicente de Paula Campeiz, técnico desta equipe, é o nosso entrevistado:

     

    .

     

     

    Como é este projeto, futsal feminino?

    O projeto existe há 6 anos, iniciou-se com algumas alunas da E.E. Júlia Kubitscheck em horário cedido pela direção e com o nosso trabalho voluntário. Depois conseguimos colocá-lo dentro do Departamento de Esportes e hoje se tornou uma das principais equipes de esporte especializado, conquistando diversos títulos, regionais (Tri-campeã JOJU), estaduais (Bicampeã mineira de federação e Bi-campeã estadual escolar).
    A estrutura do Projeto Futsal Feminino de Passos tem a escolinha de iniciação, as equipes de competição nas categorias sub 12 até a categoria adulta, com cerca de 60 meninas representando Passos nas diversas competições oficiais. A parte fundamental deste projeto é a educação. Todas as meninas estão matriculadas na rede de ensino, algumas atletas chegam a ganhar bolsa de estudo, parceria com o Colégio Status, porém todas que disputaram o mundial estão matriculadas no Colégio Polivalente. Além de tudo, o projeto tem uma casa, para as meninas de outras cidades que aqui residem.

    Qual a importância desta conquista?

    A conquista inédita do Brasileiro em Guarapari para a equipe de Passos foi fantástica, fortaleceu o nosso trabalho. Nenhuma escola de Minas Gerais tinha conquistado este título, então a grandeza desta conquista nos possibilitou novos caminhos, novos aprendizados, pois enfrentamos equipes com atletas de Seleção Brasileira e isso mostrou a força do nosso trabalho.

    A expectativa deste mundial.

    A expectativa é muito grande, estamos todos ansiosos com a viagem. Outro país, outra língua, costumes, alimentação, cultura e muito mais. Algumas meninas nunca entraram num avião, então, imagina a possibilidade que estão tendo. Isso é um aprendizado pra vida de todos nós, temos que aproveitar. Quem sabe a gente consegue outro fato inédito com uma nova conquista. Não será fácil, pois enfrentaremos a atual campeã, a França, bem como Itália e Israel, forças europeias no futsal, e depois ainda enfrentaremos Kosovo. O nosso objetivo é ficar entre as 4 melhores colocadas para igualar à última participação brasileira neste evento.

     

    .

     

    Este Projeto tem parceiros?

    Sim. Temos diversos: as ONG’s Instituto Dona Oilda (Grupo Cabo Verde) e Instituto Primeiros Passos e na manutenção desta casa das atletas contamos com o Sup. São Marcos, Ótica Passos, Churrascaria Gaúcha, Pintado D’Ouro, Minasbeb, Regional Ferragens, Sindcom, Locapassos, Elite Imóveis, e claro, com o apoio da Secretaria de Educação da Prefeitura.


    Quem são as atletas?
    Ana Clara, Marina Lemos, Susan Gomes, Liza Gomes, Lais Stefani, Nayara Rodrigues, Gabriela Saltarelli, Brenda Cardoso, Luiza Aguilar, Carolina Martins e Karolaine Eduarda.

    Os resultados dos jogosdo mundial:

    Kosovo 6 x 3,

    França 5 x 2,

    Itália 3 x 1,

    Israel 3 x 0

    Turquia 4 x 1 

    França por 6 x 2.

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.