Última Edição
Jul / Ago 2019
Jul / Ago 2019

Assinatura Online

Recebe a última edição da
Foco Magazine no conforto
de seu endereço!

Esporte e Saúde

Um "Santo Remédio" na prevenção de QUEDAS DOS IDOSOS - exercícios físicos

  • Marcelo Campos Machado
  • As quedas representam um sério perigo para os idosos, com elevada incidência, quer nas consequências físicas, psicológicas e sociais deste fenômeno.

    .

     

    Várias fontes de informação reconhecem que aproximadamente um terço dos idosos, acima de 65 anos, caem pelo menos uma vez por ano, sendo que metade destes vivenciam múltiplas quedas, ocasionando fraturas no fêmur e no quadril. 
    Tonturas, desmaios ou hipotensão postural (queda súbita de pressão sanguínea quando um indivíduo assume a posição ereta) são exemplos de causas fisiológicas, pertencem ao foro médico.
     
    O andar, deslocamento humano de forma natural, consiste que um dos pés está em contato com o chão, chamado de suporte único e o outro pé é caracterizado de balanceio. Com o envelhecimento aumenta a alteração do “passo” e automaticamente, aumentam os riscos de queda. Esta alteração é decorrente da redução na amplitude dos movimentos, os idosos diminuem suas “passadas” e também a amplitude dos braços, com isto o centro de gravidade corporal tende a se adiantar em busca de um maior equilíbrio.
    Cerca de 60% das quedas registradas dos idosos ocorrem fora de casa, 40% em várias localizações dentro da casa. O “tropeço” é a causa de 50% de todas as quedas, 20 a 25% devido ao ato de escorregar e o restante, fruto de colisões.
     
    Conforme estudo apresentado pelo Professor de Educação Física Claudio Augusto Dias, o Guto, um dos fatores que contribuem para estas alterações do andar dos idosos se deve a redução de massa muscular, chamada de sarcopenia, que ocorre também em pessoas saudáveis. Neste estudo, as melhores formas de tratamento da sarcopenia são os exercícios resistidos (musculação) com aumento de cargas gradativo.
     
    Os resultados obtidos pelo estudo demonstraram que além dos exercícios resistidos (musculação), sejam também prescritos exercícios físicos de alongamento, principalmente nos membros inferiores, quadril, nas articulações dos joelhos e tornozelos, com isto a “passada” aumentará, o ponto da gravidade corporal ficará menos inclinada a frente e claro, haverá uma diminuição da incidência de quedas. O exercício físico revela uma ferramenta extremamente útil, tanto no equilíbrio como na força muscular.
     
    Idoso, pratique exercício físico, seu corpo agradece. 
     
    por Marcelo Campos Machado

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.