Última Edição
Nov/Dez 2019
 Nov/Dez 2019

Esporte e Saúde

Educação Física na infância ajuda a formar adultos melhores

  • Marcelo Campos Machado
  • Nos últimos anos, os EUA investiram fortemente em programas sustentados no Desenvolvimento Positivo dos Jovens (DPJ) no esporte.

    .

     

    Este programa procura aprofundar o conhecimento neste domínio, resultando numa vida mais ativa e saudável, que consequentemente encaminha os jovens ao sucesso. É um programa que visa o desenvolvimento das qualidades de crianças e jovens, promovendo uma inserção positiva na sociedade, com o objetivo de promover a construção de valores e competências para a vida, tais como: autonomia, liderança, respeito ao próximo e outros.

    Este programa, DPJ, serve de base para diversos outros programas pedagógicos, tais como o modelo de Educação Desportiva e o modelo de Desenvolvimento da Responsabilidade Pessoal e Social, trabalhado em jovens vulneráveis socialmente, desenvolvendo um conjunto de capacidades através da Educação Física, tais como autonomia, dentre outras.

    O jovem praticante de qualquer esporte, além do desenvolvimento motor, possui um conjunto de benefícios sociais, educacionais. Forma-se uma conexão com professores, treinadores, colegas, que irão proporcionar ricas experiências na vida, como o controle emocional, a ética, a vitória, a derrota, a autoestima, transferindo estas emoções, sensações, experiências, para ambientes não esportivos.

    Citamos inúmeras vezes que o esporte contribui para o desenvolvimento global de uma pessoa, tanto fisicamente, psicologicamente, socialmente, quanto para a saúde e o espírito. Desenvolve as habilidades físicas e cognitivas. Com todas estas informações, não fique sentado no sofá, levante, comece agora, pratique um esporte, seu corpo agradece.

     

    por Marcelo Campos Machado

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.