Última Edição
Jul / Ago 2019
Jul / Ago 2019

Assinatura Online

Recebe a última edição da
Foco Magazine no conforto
de seu endereço!

Relacionamentos

Vale a pena manter meu relacionamento?

  • por Ana Flávia Soares

    .


    Com o início de um novo ano sempre paramos para fazer um balanço de nossas conquistas, relações, finanças, saúde e traçamos novas metas para alcançarmos. Mesmo com dúvidas, existem pessoas que preferem manter um relacionamento a colocar um fim e seguir em frente. O questionamento “devo ou não continuar minha relação?” é o primeiro sinal que você deve parar e fazer um balanço de tudo o que está vivendo.

     Para começar a rever seu relacionamento, pense no que seu par lhe proporciona de positivo. Nós nos apaixonamos e decidimos viver pelas pessoas que satisfazem nossas necessidades, atendem nossos valores e emoções.  O que a pessoa que está com você lhe traz de bom? Alegria, amor, humor, felicidade, bondade, reconhecimento e o que mais? Quais são as necessidades que vêm sendo atendidas com o seu relacionamento? Pense nos momentos positivos e os ganhos que você vem obtendo ao lado de seu companheiro (a). Estes ganhos são mais positivos ou negativos? Por que tem valido a pena investir o seu tempo e se doar para esta pessoa?
     
     Avaliando o outro lado da balança, questione-se: o que você está perdendo por dar continuidade nesta relação? Tem perdido tempo, alegria, felicidade, segurança, paz de espírito e o que mais?  Os momentos vividos têm sido mais positivos ou negativos? Quais são as cinco principais emoções que você sente quando falamos sobre o seu relacionamento? Se estas emoções são majoritariamente negativas, qual é a conclusão que você pode chegar com este balanço?
     
    Todos nós sabemos que relacionamentos amorosos precisam ser uma troca entre duas pessoas. Avalie sua relação: a troca e doação que você tem feito pelo outro tem sido recíproca? Ambos os companheiros estão se empenhando um pelo outro? Quando uma relação torna-se uma via de mão única ela deixa de fazer sentido, já que só uma das pessoas envolvidas estão dispostas a fazer a manutenção dos comportamentos necessários para levar adiante o vínculo afetivo.
     
    Fugimos das verdades que nosso subconsciente entende que podemos sofrer. Mas se hoje você está questionando se é feliz ou não nesta relação que vive, significa que você já não é mais completamente feliz com seu parceiro. Quem é feliz e está satisfeito não tem dúvidas disso. Portanto, se você chegou à conclusão que não está mais plenamente satisfeito com o seu companheiro, busque meios de encontrar em outras pessoas ou situações as mesmas emoções e valores que lhe eram atendidos para diminuir o impacto do sofrimento. Se você percebeu que vale a pena continuar investindo no seu relacionamento, reavalie quais são os novos comportamentos que você pode começar a ter a partir de agora para que a sua relação seja diferente e juntos vocês possam construir sonhos e propósitos em comum. 

    Quiz com perguntas de autoavaliação.

    Assinale um x para nas proposições seguintes para fazer um balanço da sua relação:

    Pergunta

    SIM

    NÃO

    Tenho estado 100% satisfeito com meu relacionamento.

     

     

    Sinto que meu relacionamento é uma troca mútua de ações.

     

     

    Tenho sonhos e propósitos em conjunto com meu parceiro.

     

     

    Sinto mais emoções positivas que negativas a respeito do meu relacionamento.

     

     

    Tenho brigas e discussões semanais com meu parceiro.

     

     

    Sinto que não sou respeitada e compreendida por meu parceiro.

     

     

    Os sonhos do meu companheiro fazem total sentido para mim, o que me entusiasma a alcançá-los em parceria.

     

     

    Consigo me enxergar vivendo para o resto da vida com meu companheiro.

     

     

    Não tenho dúvidas de que sou feliz com minha relação.

     

     

    Meu companheiro atende meus valores e necessidades.

     

     

    Conheço os valores e necessidades do meu parceiro.

     

     

    Estou sempre disposto a fazer a manutenção de comportamentos necessários em prol da minha relação.

     

     

    Sempre que posso busco surpreender meu companheiro.

     

     

    Meu relacionamento tem um significado especial para mim.

     

     

    Consigo me ver feliz sem meu companheiro.

     

     

    Entrego-me ao meu relacionamento sem pensar no que irei receber em troca.

     

     

    Tenho brigas e discussões constantes com meu companheiro pelos mesmos motivos e pela falta de manutenção de comportamentos e disposição à mudança.

     

     

    Sinto que dôo mais do que recebo em minha relação.

     

     

    Considero meu relacionamento sadio e duradouro.

     

     

    Sei compreender o que é importante para o meu parceiro, ainda que não faça tanto sentido para mim.

     

     

    Posso considerar a dosagem de ciúmes saudável em meu relacionamento.

     

     

    Confio plenamente em meu companheiro e ajo para que ele confie da mesma forma em mim.

     

     

    Tenho receios de terminar este relacionamento por medo de ficar sozinho e não encontrar outra pessoa.

     

     

    Prefiro continuar meu relacionamento, mesmo sabendo que já não estou mais feliz e satisfeito.

     

     

    Estou disposto a agir em prol do crescimento do meu relacionamento, ainda que isto me custe deixar meus prazeres pessoais de lado.

     

     

    Mantenho minhas outras amizades e relações saudáveis com o apoio e companhia do meu companheiro.

     

     

    © 2019 Foco Magazine. Todos os direitos resevados.